Início » Telecomunicações » Claro fatura R$ 39 bi com mais clientes de celular e internet por fibra

Claro fatura R$ 39 bi com mais clientes de celular e internet por fibra

Desligamentos de TV por assinatura impulsionaram queda nos serviços fixos, mas Claro adicionou 8,2 milhões de clientes móveis

Lucas Braga Por

A Claro Participações divulgou os resultados financeiros de 2020. A companhia terminou o ano com receita líquida total de R$ 39,19 bilhões, o que representa alta de 1,5% no comparativo com o ano anterior. A operadora comemora um crescimento expressivo na base de clientes móveis e expansão de banda larga por fibra óptica.

Sede da Claro em São Paulo (Foto: Paulo Higa/Tecnoblog)

Claro vê aumento na receita líquida em 2020 (Foto: Paulo Higa/Tecnoblog)

Veja os principais indicadores da Claro para 2020 e o comparativo com o ano anterior:

Indicador 2019 2020 Diferença
Receita líquida total R$ 38,59 bilhões R$ 39,19 bilhões +1,5%
Receita de serviços móveis R$ 14,58 bilhões R$ 16,03 bilhões +9,9%
Receita de serviços fixos R$ 22,62 bilhões R$ 21,66 bilhões -4,2%
EBITDA (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) R$ 14,38 bilhões R$ 15,54 bilhões +8,04%

Por ser uma companhia que não tem capital aberto no Brasil, a Claro não divulga o lucro líquido. O EBTIDA, que representa lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização teve alta de 8,04% no ano.

Claro decola no móvel com crescimento do pós-pago

No segmento de telefonia móvel, a Claro acrescentou 8,2 milhões de novas linhas móveis. Nesse total estão incluídos 3,5 milhões de chips da Nextel, que foi comprada por R$ 3,47 bilhões.

A maior parte dos clientes da Nextel eram do segmento pós-pago, e a fusão proporcionou um crescimento de 29,6% nessa categoria, que atingiu 35,6 milhões de chips.

Já na categoria pré-paga houve crescimento de 5,2% de pessoas que compram créditos. A empresa afirma que 63% dos clientes desse formato utilizam planos com cobrança semanal ou mensal, que gastam mais com recargas.

Um detalhe importante é que a Claro foi a única operadora com saldo positivo na portabilidade numérica, com mais linhas recebidas do que cedidas aos concorrentes. Essa situação também foi percebida em novembro, e a companhia atraiu mais clientes que Oi, TIM e Vivo juntas durante o mês da Black Friday.

Também vale lembrar que a Claro, TIM e Vivo compraram a Oi Móvel em dezembro. Se o negócio for aprovado pela Anatel e Cade, a Claro irá adicionar à sua base cerca de 11,7 milhões de linhas.

A Claro encerrou o ano com cobertura de celular em 4.238 municípios. O 4G está presente em 2.864 cidades, enquanto o 3G atinge 4.030 localidades. A operadora também possui a tecnologia 5G DSS em bairros de 14 municípios.

Claro teve queda na TV, mas se mantém na banda larga

Ainda que tenha apresentado queda de receita nos serviços residenciais, a Claro acrescentou cerca de 260 mil clientes de internet fixa e se manteve como a maior operadora de banda larga do Brasil. A operadora comemora o aumento de 35,9% nos acessos com velocidades acima de 34 Mb/s, que são classificadas pela Anatel como “ultra banda larga”.

A Claro terminou o ano com serviços fixos em 286 municípios no Brasil, sendo que 80 cidades são atendidas com tecnologia por fibra óptica (FTTH). A empresa acrescentou 11 novos mercados durante o ano de 2020.

A queda da receita fixa foi puxada pelo setor de TV por assinatura, visto que a Claro perdeu cerca de 780 mil acessos durante o ano. A operadora continua com a liderança no segmento, mas já tem sua estratégia para conter perdas: a empresa recentemente lançou o Claro Box TV, um produto de IPTV que permite assistir canais pagos através da internet com mensalidade mais barata que a da TV a cabo.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Podia pegar esse dinheiro e investir no upgrade da rede HFC para DOCSIS 3.1 ou 4.0, pra ver se melhorava os nodes saturados e o upload pífio. Ainda bem que me livrei dessa bomba de banda larga por cabo coaxial.

Naldis (@zepolenta)

Depois da Vivo Fibra, toquei fogo na Claro. Cabo coaxial é um lixo.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

A Claro tem que expandir sua rede urgentemente, pois esta perdendo para as pequenas. Na minha cidade, a Claro já não expande mais sua rede, há muitos anos mesmo. Enquanto isso, as pequenas operadoras estão fibrando a cidade em alta velocidade.

@ksio89

Eu só aguentei 6 meses na Claro. Passei muita raiva porque a velocidade do upload, que já era de pífios 10MBps, vivia caindo à noite pra 5-6Mbps, e também porque não atingia a velocidade contratada em boa parte dos downloads. Quando mudei para Oi fibra nunca mais tive dor de cabeça, velocidade contratada em qualquer situação e horário do dia.

Reclamei tanto na Anatel e Consumidor que consegui cancelar sem pagar multa de fidelidade. Não tive boa impressão da banda larga por cabo coaxial não, pode ser que em algumas regiões o serviço seja impecável, mas comigo não dei muita sorte.

Enfim, dinheiro não falta para a Claro resolver o problema de saturação dos nodes, falta é vontade e concorrência mesmo.

Leandro Alves (@KILLME)

Não sei pq vcs não gostam da Claro, aqui tá funcionando bem a fibra hahaha

750×400 34.6 KB