A primeira fase do open banking finalmente foi implementada pelo Banco Central no dia 1º de fevereiro. Este é o primeiro passo do futuro do sistema financeiro brasileiro, que prevê compartilhamento de dados entre bancos e pode facilitar muito a vida de quem quer trocar de instituição ou simplesmente contratar um novo serviço de crédito.

Tecnocast 179 – Open banking no Brasil (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Tecnocast 179 – Open banking no Brasil (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Mas como o open banking vai funcionar no Brasil? Quem pode ter acesso aos meus dados? Será que esse negócio é seguro mesmo?

Participantes

Links citados

Assine o Tecnocast

Créditos

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leonardo Costa Porto dos Santos (@Leonardo_Porto)

Uma coisa que eu ainda não entendi direito sobre o Open Banking é se haverá um portal/app do banco central para gerenciamos nossos dados ou isso vai ter que ser feito dentro de cada app de banco? Uma terceira hipótese, isso vai ter que ser feito por uma instituição como a Quanto?

Tech Nerd 🤓 (@technerd)

Eu só não consigo entender como que o time do Tecnocast acha uma maravilha o Open Banking e não considera criptomoedas. Obviamente são coisas diferentes, mas tudo que o open banking vai oferecer daqui 2-3 anos já existe ou pode ser desenvolvido via blockchain, com mais segurança, confiabilidade e melhor sem intermediários.

Uma coisa que não ficou claro quanto ao Open Banking é a segurança desses dados. Serão todos criptografados de ponta a ponta? Como garantem que não irão vazar assim como já tivemos diversos casos absurdos recentemente?

Thiago Mobilon (@mobilon)

O que seria “considerar” criptomoedas? Tem uma editoria no TB focada apenas em criptos, isso não é considerar?

Afirmar “não entre em hype de investir em criptomoedas sem saber onde está se metendo” não significa que eu não “considere” as criptomoedas. Eu mesmo tenho algum dinheiro em cripto.

Mas vou continuar falando pra não entrar em hype. Tem gente que vende todo o patrimônio pra investir nisso e não tem um tostão em ações ou renda fixa. Não é assim que se gerencia patrimônio. Aí vira loteria.

E blockchain é a tecnologia, mesmo que eu ODIASSE as moedas, não significa que eu não vejo potencial na tecnologia.

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido (@Wardz_de_souzA)

Lembro que você apontou especificamente o Dogecoin que virou o novo queridinho.

Eu até tava pensando em investir, mas já faz uns dias que só cai.

Fui e investi no Ether, e até o momento foi a melhor decisão.

Só tô um pouco preocupado com o Bitcoin, algo me diz que a qualquer momento pode dar algum xabu, mas aí é outra questão e história pra outro tópico.

Tech Nerd 🤓 (@technerd)

Considerar como uma inovação disruptiva que pode criar escassez digital de forma totalmente segura, se isso não tem valor eu não sei o que pode ter. Óbvio que tem muito lixo e golpes nesse meio, mas isso tem em qualquer lugar, cabe as pessoas se informarem da melhor maneira possível.

Concordo com você, as pessoas acabam se perdendo e achando que ações e criptos são loteria. Fico feliz que você vê potencial na tecnologia.

Uma historinha para ilustrar:
Alguns conhecidos vieram reclamar que tinham perdido dinheiro em 2018 com bitcoin pq compraram por 70k reais, mas não tinham vendido ainda. Como sabia que eles não precisavam do dinheiro disse para não venderem e se possível ir comprando mensalmente, hoje estão mais felizes do que “pinto no lixo”, mas provavelmente vai durar só até a próxima queda. Infelizmente, o brasileiro médio não é preparado psicologicamente pra renda variável.

Excelente trabalho de vocês, tanto no Tecnocast quanto no Hit Kill. Abraço!

Thiago Mobilon (@mobilon)

Reforço que Bitcoin não é pra construir patrimônio e o fato de ter subido não prova que você estava certo. É uma aposta, não existe valor intrínseco nenhum. Sem falar da alta volatilidade.

80% da minha carteira está em renda variável e eu nem olho se está subindo ou caindo. Acompanho os relatórios das empresas, os resultados financeiros e sigo aportando enquanto forem boas.

O “preparo psicológico” é racional. Se a empresa segue com uma boa gestão e lucros crescentes, vai continuar valorizando. E aí não tem por que se preocupar.

Você não tem que ser “corajoso” com o seu patrimônio, tem que ser racional. Jogar mais e mais dinheiro em um ativo sem valor intrínseco é ser inconsequente. Precisa medir o risco e diversificar. Dinheiro de aposta X patrimônio. Calcula o risco, define quantos % do total quer apostar e vai rebalanceando a carteira.

Bitcoin é uma loteria, não fabrica nada, não presta nenhum serviço… Está disparando por conta da quantidade de dinheiro que foi impressa no mundo todo em 2020. Virou uma espécie de ouro digital, mas só porque mais e mais pessoas acreditam na moeda. Mas não existe valor intrínseco no ativo, entende? E tudo bem acreditar, mas não aposta a vida toda nisso.

Vale investir, mas jamais recomendaria a um amigo jogar 70k na moeda sem antes construir um patrimônio diversificado em ações, FIIs, RF, etc.

Tech Nerd 🤓 (@technerd)

Acho que nossa divergência é exatamente quanto ao “valor intrínseco”, pois eu acredito que tem muito valor e você o contrário, kkkkk. Quanto a volatilidade isso é um problema agora, mas quando o bitcoin estiver valendo 1 ou 2M de dólares as variações serão muito menores, isso tem se provado ao longo do tempo.

Dólar, Euro e Real também não produzem nada, além de gerar inflação é claro. O valor intrínseco pode ser o custo de mineração, por exemplo, embora eu considere isso não tão importante nesse momento.

Nunca recomendei esse tipo de investimento pra meus amigos, mas quando me procuraram pedindo orientação do que fazer frente a queda de 2018-2019 recomendei que segurassem e comprassem um pouco todos os meses. Nem eu que sou um entusiasta do bitcoin tenho toda minha carteira em criptos, mas hoje elas participação grande pq acabaram valorizando muito nos últimos anos.

Faz 5 anos que meus novos aportes são assim:

20% Ações BR
20% Ações Tech EUA
20% FII
20% RF (caixa)
20% Criptos

Thiago Mobilon (@mobilon)

A discussão sobre valor intrínseco vai longe! Estamos pensando em fazer outro Tecnocast sobre o hype recente criptomoedas, trazendo alguns convidados de mercado. Quem sabe não falamos disso de novo.