Início » Celular » Mais um tabu da App Store cai por terra: aplicativos de criação de ringtone

Mais um tabu da App Store cai por terra: aplicativos de criação de ringtone

Por
9 anos atrás

A Apple está tão boazinha ultimamente. Não sei o que acontece com ela que, de uns tempos pra cá, vem derrubando tabus da App Store controlada com mãos de ferro.

Primeiro ela publicou as regras de aprovação (ou não) dos apps, com tudo bem explicadinho. Depois foi liberando apps que antes já haviam sido rejeitados ou até mesmo retirados da App Store. Teve a liberação do Google Voice, e, mais recentemente, até aplicativos que reproduzem AVI (como o VLC) foram autorizados na loja.

Agora foi mais uma categoria de aplicativos antes rejeitados (ou esquecidos no limbo da fila de aprovação) que foi aprovada: a de apps de criação de ringtones. Cerca de uns cinco desses apareceram na App Store recentemente, e um deles, o Ringtone Designer Pro (link para o iTunes) é atualmente o segundo aplicativo mais vendido na loja americana.

Talvez esse restrição existisse porque a Apple vende ringtones (por US$ 0,99 cada), e, com um app desses, qualquer um pode criar um ringtone a partir de uma das músicas de seu iPod pagando US$ 0,99 apenas uma vez (pela compra do app).

Não é que não existissem maneiras de criar um ringtone gratuitamente antes, mas não é todo mundo que irá se dispor a mexer com programas de edição de áudio, por simples que seja o procedimento.

Mas há uma ressalva a ser feita. Os apps de criação de ringtone conseguem criar um toque a partir de uma de suas músicas, mas, devido à natureza do sistema operacional, não é possível usá-lo no iPhone até que o aparelho seja sincronizado de volta com o iTunes para que o ringtone seja acrescentado à sua biblioteca.

Com informações: TechCrunch.

Mais sobre: , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.