Início » Internet » Facebook vai mostrar menos posts sobre política para usuários no Brasil

Facebook vai mostrar menos posts sobre política para usuários no Brasil

Após avaliar que usuários querem menos posts sobre política, Facebook testará mudança com pequeno grupo de usuários

Victor Hugo SilvaPor

O Facebook anunciou que pretende mostrar posts sobre política com menos frequência. A plataforma testará a mudança com um pequeno grupo de usuários no Brasil, no Canadá, nos Estados Unidos e na Indonésia. O objetivo é avaliar como a alteração será recebida para, então, levá-la ou não para todo o mundo nos próximos meses.

Facebook (Imagem: Brett Jordan/Unsplash)

Facebook (Imagem: Brett Jordan/Unsplash)

Em comunicado sobre a decisão, o Facebook explica que não vai remover os posts sobre política do feed. A rede social afirma que, em vez disso, vai testar novas formas de mostrar conteúdos sobre o tema. Os usuários incluídos nos testes poderão responder à pesquisa de opinião da empresa para indicar como a mudança no algoritmo afeta a experiência na plataforma.

A mudança para mostrar menos publicações sobre política afeta cerca de 6% do conteúdo que os usuários recebem no feed. Este é o espaço que o tema ocupa, em média, no feed dos usuários nos Estados Unidos, segundo divulgou o Facebook em novembro. A empresa não apresentou dados específicos para o Brasil.

Segundo a diretora de gestão de produto do Facebook, Aastha Gupta, o objetivo dos testes é permitir a interação dos usuários com posts políticos, respeitando o interesse de cada um no tema. “Estamos sempre tentando tornar o feed de notícias melhor, e isso significa encontrar um novo equilíbrio entre o conteúdo que as pessoas desejam ver”, afirmou.

Facebook explica redução em posts de política

O Facebook já havia revelado no fim de janeiro o interesse de reduzir o alcance de posts sobre política. Em conferência sobre resultados financeiros, Mark Zuckerberg afirmou que a empresa ainda está trabalhando na melhor forma de fazer isso. Ele garantiu que a mudança não impedirá usuários de participarem de grupos e discussões sobre política.

“Muitas vezes, isso pode ser importante e útil. Podem ser formas pelas quais as pessoas organizam movimentos de base, se manifestam contra injustiça ou aprendem com pessoas de diferentes perspectivas. Então, queremos que essas discussões continuem acontecendo”, afirmou Zuckerberg.

“Mas um dos principais comentários que estamos ouvindo de nossa comunidade no momento é que as pessoas não querem que política e brigas se apropriem de suas experiências em nossos serviços”, continuou.

O Facebook afirmou que as mudanças no algoritmo não vão afetar posts sobre a pandemia publicados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e órgãos como o Ministério da Saúde. Os conteúdos compartilhados por outras agências e serviços governamentais também não serão impactados pela alteração.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando