Início » Brasil » Hyperloop de até 1.200 km/h em Porto Alegre promete “quebrar paradigmas”

Hyperloop de até 1.200 km/h em Porto Alegre promete “quebrar paradigmas”

Acordo para desenvolvimento do sistema de transporte hyperloop foi anunciado em janeiro pelo governo do Rio Grande do Sul

Ana MarquesPor

Porto Alegre pode ser a primeira cidade da América Latina a receber o sistema de transporte de hyperloop, que promete atingir velocidades de até 1.200 km/h. O projeto, que foi apresentado no final de janeiro, faz parte de um acordo entre o governo do Estado do Rio Grande do Sul, a empresa Hyperloop Transportation Technologies (HyperloopTT) e pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cápsula com passageiros ou carga viaja, em alta velocidade, dentro de tubo, como nesta linha de teste na França (Imagem: Divulgação/HyperloopTT)

Linha de testes da HyperloopTT na França (Imagem: Divulgação/HyperloopTT)

Segundo informações preliminares, a UFRGS estuda a viabilidade de uma rota que conecte Porto Alegre à Serra Gaúcha. A ideia é que o sistema seja capaz de transportar passageiros ou cargas por meio de cápsulas suspensas em uma rede de tubos de baixa pressão – tudo isso com “conforto e segurança superiores aos de aviões”.

Um dos coordenadores do estudo será o presidente da Agergs (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS), Luiz Afonso Senna, que é professor titular na Escola de Engenharia da UFRGS. Segundo Senna, o “projeto é uma quebra de paradigmas em todos os modais do transporte”.

O acordo de hoje pode ser considerado bastante futurista, mas cogitamos analisar a viabilidade do projeto e, assim, lançar a primeira ideia para que, quem sabe logo adiante, possamos confirmar as condições de viabilizar o hyperloop, uma alternativa economicamente viável, segura e sustentável. A pesquisa nos permite sonhar. E o sonho começa a ser realizado a partir da vontade e da ação, e hoje temos um exemplo disso.

Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul

O estudo em parceria com a UFRGS também analisará condições ambientais, socioeconômicas e financeiras do projeto de implementação do novo sistema de transporte. A HyperloopTT afirma que uma das principais vantagens é que o sistema não depende de recursos públicos para se manter, além de ser uma alternativa sustentável do ponto de vista ambiental.

Outros projetos da HyperloopTT no Brasil não foram para frente

A HyperloopTT está de olho no Brasil há alguns anos e planeja incluir o país em sua segunda leva de investimentos. No entanto, a empresa encontrou alguns impasses em conversas com as autoridades governamentais.

A companhia pretendia abrir um centro de pesquisa em Contagem (MG), mas o projeto foi cancelado após o governo mineiro bloquear a verba de R$ 13 milhões (metade do custo total). Negociações com o governo de São Paulo e do Paraná também teriam ficado estagnadas.

A HyperloopTT foi fundada em 2013 e tem sedes em Los Angeles (EUA) e Toulouse (França), além de escritórios em Abu Dhabi e Dubai, nos Emirados Árabes Unidos; Bratislava (Eslováquia); São Paulo e Barcelona (Espanha). A empresa já assinou acordos nos Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, França, Alemanha, Índia, China, Coreia do Sul, Indonésia, Eslováquia, República Tcheca e Ucrânia.

Com informações: Agergs e Governo do Estado do RS

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
18 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edinho Kunzler (@ekunzler)

Porto Alegre já “quebrou paradigmas”: uma cidade com mais 1 milhão de habitantes que conseguiu a façanha de abrir mão do metrô…

Diego Nascimento (@Dieg0)

Lançamento no ano 2.135.

Everton Favretto (@evefavretto)

A única coisa que vão quebrar é o cofrinho, desperdiçando dinheiro nessa baboseira.

Enquanto isso, a ferrovia que existia entre POA e a Serra tá lá, enferrujando.

João M. (@RonDamon)

Quanto vira latismo. Quando é algum país da ásia adotando o povo chora de inveja aqui.

Eduardo Alvim (@Eduardo_Alvim)

Estou torcendo para dar certo. Gramado e Canela são exemplos de como o turismo deve ser gerenciado no Brasil. Eu e a esposa fomos há alguns anos e, ao saber de algumas novidades, já estamos programando uma volta, dessa vez com nosso filho. Um transporte desse tipo, por si só, já seria um grande atrativo, mantendo o destino em alta o ano inteiro.

Tech Nerd 🤓 (@technerd)

Seria a pior decisão da história esse metrô. O custo de manutenção é absurdo e não teria o fluxo necessário de pessoas. A cidade gastaria o que não tem pra manter isso.

Entender a realidade que se encontra é fundamental pra poder tomar decisões, nossos políticos não adam pelas cidades brasileiras, mas seguidamente aproveitam para viajar ao exterior. Nossas prioridades são saneamento básico, infraestrutura pra escoar a produção agrícola, segurança e EDUCAÇÃO.

Donattelo Games (@Donattelo)

Vem aí: Aeromóvel - Parte 3

Dark (@Darkalliance)

Olha não quero ser chato mas…

Se os caras não conseguiram nem fazer sair do papel um projeto viável financeiramente, com vista de grandes eventos para acontecer (Copa do Mundo e Olimpíadas), ainda por cima financiado diretamente pelo governo federal, que era o projeto do Trem-Bala que ligaria as maiores cidades do pais (RJ e SP), e por consequência o maior corredor financeiro da américa latina, com altíssimo fluxo de pessoas.

Eu duvido muito que esse projeto vingue, ainda mais fora do sudeste, e não estou sendo pessimista e sim realista.

Douglas Amorim (@Douglas_Amorim)

Queria que fosse algo mais tangível, mas depois da decepção do centro que iriam construir aqui em Contagem (MG), desconfio muito que vire realidade nesta década.
Em Contagem veio uma moça da NASA participar do lançamento, a prefeitura colocou propagandas em outdoors, ônibus, e 1 ano depois anunciaram o cancelamento do projeto.
O Brasil, infelizmente, não tem união, não pensa no longo prazo, só imediatismos. Se ônibus for mais rápido de implementar, vão preferir.
Se Porto Alegre fizer acontecer, tiro meu chapéu.

Felipe Ventura (@felipe)

Isso mesmo, o texto foi corrigido!

Josisclelson (@Josisclelson)

Pra quem conhece POA sabe que projetos assim nunca sairão do papel hehehe
Mal tem trem e metrô está parado no papel faz 30 anos

Vinícius (@Lage)

Lembro quando eles foram em Contagem e fizeram um evento, não pude ir mas um amigo foi. Acabei que esqueci do assunto e agora veja que foi cancelado, que triste

Edinho Kunzler (@ekunzler)

Há alternativas ao metrô convencional, de fato de implantação bem mais cara. O que não dá é pra achar que o sistema de transporte urbano brasileiro se basta só com ônibus…