Início » Antivírus e Segurança » SHAREit, com 1 bi de downloads no Android, tem falhas graves de segurança

SHAREit, com 1 bi de downloads no Android, tem falhas graves de segurança

Empresa de cibersegurança relata vulnerabilidades no SHAREit para Android; app tem mais de 1 bilhão de downloads na Play Store

Bruno Gall De Blasi Por

O SHAREit é um aplicativo popular na Google Play Store, com mais de um bilhão de downloads. Mas é bom ficar atento: o app para Android para compartilhar arquivos possui falhas de segurança graves, que permitem até mesmo ataques remotos ao celular. As informações foram reveladas pela Trend Micro nesta segunda-feira (15).

SHAREit na Google Play Store (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

SHAREit na Google Play Store (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Em um relatório, a companhia de cibersegurança explica que as vulnerabilidades permitem que pessoas má intencionadas abusem das permissões do software para acessar e manipular dados do smartphone. Além disso, invasores também poderiam executar códigos maliciosos e até mesmo alterar ou instalar aplicativos de terceiros.

Desenvolvedores do SHAREit foram notificados

Os detalhes sobre as brechas de segurança no aplicativo do serviço para Android foram enviados aos responsáveis pelo SHAREit há três meses. A Trend Micro, no entanto, afirma que os desenvolvedores do app para Android não responderam até o momento.

“Decidimos divulgar nossa pesquisa três meses após relatar isso, já que muitos usuários podem ser afetados por este ataque porque o invasor pode roubar dados confidenciais e fazer qualquer coisa com a permissão dos aplicativos”, explicou a empresa de cibersegurança. “Também não é facilmente detectável”.

A última vez que o aplicativo recebeu melhorias e novidades na Google Play Store foi em 9 de fevereiro de 2021. Mas as notas de atualização mencionam apenas que as páginas “Enviar” e “Receber” foram remodeladas “para facilitar a utilização” e que teve a “experiência de reprodução otimizada”. Não há menção às vulnerabilidades.

Com informações: Android Authority, Trend Micro e ZDNet

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando