Início » Gadgets » Garmin lança relógio com recarga solar e bateria para 65 dias

Garmin lança relógio com recarga solar e bateria para 65 dias

Garmin Enduro é um smartwatch esportivo que traz bateria que pode chegar a 65 dias de duração quando exposto ao sol

Bruno Gall De BlasiPor

A Garmin apresentou um novo smartwatch nesta terça-feira (16). Conhecido como Garmin Enduro, o relógio chama a atenção pela recarga solar e pela bateria cuja que pode chegar a 65 dias de duração quando exposto à luz do sol. O preço sugerido do wearable começa em US$ 799 (cerca de R$ 4.290 em conversão direta).

Garmin Enduro (Imagem: Divulgação/Garmin)

Garmin Enduro (Imagem: Divulgação/Garmin)

O lançamento possui design esportivo com corpo circular, tela de 1,4 polegadas e resistência à água (10 ATM). Seu grande destaque fica pela tecnologia Power Glass, que repõe a bateria do wearable com energia solar. O dispositivo ainda tem pulseira de nylon e está disponível nas opções aço e titânio.

Outro chamariz do gadget é a bateria, que pode chegar a 65 dias de duração caso o smartwatch seja exposto ao sol por três horas todos os dias. Além disso, a fabricante diz que, caso esteja no modo GPS, o componente pode durar 70 horas com uma carga completa ou até 80 horas com auxílio da luz solar.

O Garmin Enduro é capaz de acompanhar exercícios, como corridas, trilhas, ciclismo, entre outras modalidades. Além disso, o relógio monitora o condicionamento físico do usuário, como batimentos cardíacos, saturação de oxigênio no sangue e o sono.

Garmin Enduro: preço e disponibilidade

O lançamento já está à venda. Nos Estados Unidos, o preço sugerido do relógio é de US$ 799 para a opção com corpo de aço e US$ 899 para o modelo de titânio. Os valores equivalem a cerca de R$ 4.290 e R$ 4.825, respectivamente, em conversão direta.

Não há previsão de lançamento do Garmin Enduro no Brasil.

Com informações: Garmin

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo (@rodrigo1)

Taí um gadget que não me atrai para uso no dia a dia: smartwatch. Prefiro o velho relógio mecânico com bateria que dura mais de ano. Já para exercícios eles até que são úteis, seja marcando o percurso ou os batimentos cardíacos praquelas sessões de HIIT.