Início » Aplicativos e Software » Windows 10 21H1 chega até junho com novidades para home office

Windows 10 21H1 chega até junho com novidades para home office

A instalação do update 21H1 para Windows 10 consumirá menos tempo, desde que o usuário esteja na atualização de maio de 2020

André FogaçaPor

Depois de falar por alto sobre a atualização, a Microsoft anunciou oficialmente os detalhes que estão presentes no update 21H1 para o Windows 10. Com o mês de junho para começar a chegar nos PCs dos usuários, o foco deste pacote está na produtividade e no trabalho de quem precisou abandonar o escritório e trouxe seus afazeres para dentro da própria casa.

Tela do Windows Update (Imagem: reprodução/Windows 10)

Tela do Windows Update (Imagem: reprodução/Windows 10)

A nota de lançamento também deixa clara uma pequena mudança nos planos já corriqueiros para atualizações aplicadas ao Windows 10, ao menos para a entrega deste pacote. “Com base em comentários e aprendizados no último ano de extenso trabalho remoto, estudos e entretenimento, a versão 21H1 será entregue com uma tecnologia de manutenção,” diz John Cable, executivo da Microsoft.

Isso significa que no lugar de colocar um grande número de mudanças em um só pacote, a Microsoft trata este update como um leque de downloads quase que mensais. Com isso as correções e novos recursos chegam de forma mais rápida e espalhada para todos os usuários do Windows 10. Neste momento, a atualização foca em três pontos.

O primeiro deles permite colocar a câmera secundária como padrão dentro do Windows Hello, quando o sistema operacional detecta que o computador conta com mais do que uma conectada ao mesmo tempo. Atualmente o Windows 10 não permite utilizar o periférico externo para reconhecer o usuário, se o notebook já tem uma webcam com este recurso e ela está embutida na carcaça. A mudança pode ser importante para quem, como eu, trabalha com um notebook fechado ao lado do monitor, mouse e teclado externos.

O segundo ponto otimiza o desempenho geral do Windows Defender Application Guard, principalmente para momentos de abertura de documentos no PC com Windows 10. Já o terceiro também traz melhorias para a performance do Windows Management Instrumentation Group Policy Service, permitindo que a ferramenta lide com cenários de home office – estes dois pontos fazem sentido para o pessoal de TI.

Instalação do Windows 10 21H1 poderá levar menos tempo

Como o objetivo é transformar o pacote de atualização em um update mais leve, a Microsoft promete que o 21H1 será instalado em tempo bem menor. Para o sistema operacional, este processo pode ser comparado ao já utilizado pelo Windows Update para pacotes cumulativos liberados mensalmente para o Windows 10.

A mudança que entrega maior velocidade para a instalação, segundo John Cable, só poderá ser sentida para usuários que já estão rodando a versão 2004 ou 20H2. Os que ainda não instalaram a atualização de Maio de 2020, passarão por todo o processo tradicional de implementação. Isso significa que você pode tomar um banho, esquentar o misto quente no microondas, tomar um café, passear com o cachorro, invejar o vizinho deitado na rede e depois voltar para ver que o update ainda não foi finalizado com sucesso.

Os usuários devem começar a receber a atualização 21H1 para o Windows 10 a partir de junho deste ano. Pessoas dispostas a testar o update antes do público geral podem baixar o pacote neste exato momento, desde que inscritas dentro do programa Windows Insiders – reservado para recursos ainda em fase de testes e que podem apresentar falhas, como acontece com qualquer beta.

Com informações: Microsoft.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Gosto da ideia de evitarem atualizacoes grandes. Quebrar em itens menores faz mais sentido pra instalacao e ate pra solucao de problemas, sem a necessidade de desfazer uma atualizacao gigante por causa do erro em uma funcionalidade especifica.