Início » Finanças » Nubank no Google Pay é liberado para clientes pagarem com o celular

Nubank no Google Pay é liberado para clientes pagarem com o celular

Google Pay aceita cartão de débito ou crédito do Nubank; pagamento por aproximação funciona em celulares Android com NFC

Felipe Ventura Por

Se você é cliente do Nubank e tem um celular Android, boa notícia: a fintech está finalmente dando a opção de adicionar o cartão físico ou virtual ao Google Pay. Dessa forma, é possível fazer pagamento por aproximação em estabelecimentos físicos usando um smartphone com NFC em maquininhas compatíveis. Isso funciona tanto no crédito como no débito; veja como ativar.

Nubank e Google Pay (Imagem: Divulgação)

Nubank e Google Pay (Imagem: Divulgação)

“Com o Google Pay, clientes do Nubank com celulares Android poderão utilizar o próprio celular para compras na função débito ou crédito em qualquer estabelecimento que aceite pagamentos por aproximação, além de em sites e aplicativos”, explica a empresa em seu blog oficial.

A integração do Nubank com o Google Pay está sendo oferecida aos poucos a partir de hoje, 23 de fevereiro, então pode levar algum tempo até chegar ao seu celular. Lembre-se de que seu aparelho precisa ter NFC para pagar com Google Pay em estabelecimentos físicos.

Você saberá que o Google Pay está liberado para você quando aparecer um novo painel dentro do app do Nubank mencionando a carteira digital. Então, para ativar a funcionalidade, basta seguir os passos abaixo.

Como usar o Nubank no Google Pay

Google Pay (imagem: Divulgação)

Google Pay (imagem: Divulgação)

Quer adicionar seu cartão de crédito ou débito do Nubank ao Google Pay? Faça o seguinte:

  • abra o app do Nubank em seu celular Android;
  • dentro do app, haverá um novo painel do Google Pay – toque em Registrar meu cartão;
  • escolha o cartão para registrar (físico e/ou virtual) e, na tela “Vamos abrir o Google Pay para continuar o registro”, toque em Continuar;
  • digite sua senha de 4 dígitos (usada para compras na maquininha), insira o CVC (código de três dígitos presente no cartão) e seu endereço, toque em Mais e em Continuar;
  • nos Termos do emissor, toque em Mais e em Aceitar e continuar;
  • aguarde o cartão ser registrado no Google Pay e toque em Entendi.
Como cadastrar Nubank no Google Pay (Imagem: Divulgação)

Como cadastrar Nubank no Google Pay (Imagem: Divulgação)

Nubank no Apple Pay?

No início de fevereiro, clientes descobriram que o Nubank estava testando suporte ao Google Pay: a carteira digital exibia os termos do emissor e quase cadastrava o cartão, mas dava erro.

Em resposta ao Tecnoblog, a fintech disse o seguinte: “a integração realizada recentemente permite que pagamentos pelo Google Pay sejam oferecidos no futuro, mas não significa que haja qualquer previsão de lançamento no momento”. Só que, menos de três semanas depois, o recurso foi lançado.

É possível que a história se repita com o Apple Pay. No final do ano passado, o Nubank deu a entender que iria adicionar suporte à carteira digital dos iPhones ao longo de 2021. Então, a empresa pareceu voltar atrás, alegando que “não há previsão de lançamento da integração com Apple Pay”.

Nubank no Google Pay e Apple Pay é seguro?

Dado que o suporte ao Google Pay foi lançado, o Apple Pay e até o Samsung Pay podem ser questão de tempo. É que essas carteiras digitais exigem uma tecnologia chamada tokenização, para que o celular não envie o número do cartão à maquininha: em vez disso, ela transfere um token que precisa ser verificado para liberar ou barrar a transação.

“Quando o cliente compartilha os dados de pagamento com as lojas, o aplicativo não repassa as informações oficiais do cartão”, explica o Nubank. “Ou seja, os dados ficam seguros e não são compartilhados com terceiros.”

A diferença entre as carteiras digitais é que a Apple estaria cobrando 0,15% das instituições financeiras por cada transação, enquanto o Google e a Samsung não teriam uma taxa desse tipo. Para os consumidores, não existe cobrança adicional.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Abreu (@lucasferabreu)

Antes tarde do que mais tarde! Pena que a adesão a esse tipo de pagamento ainda é tão baixa aqui em BH, e as pessoas olham como se a gente fosse um ET kkkkk

Whebert Souza (@whebertsouza)

Com a pandemia, comecei a usar e muito o Google Pay. Aqui em Maceió é bem tranquilo usar pagamento por aproximação, porém estava utilizando o velho cartão do “Bradescão da massa” com seu app de cartão oferecendo um extrato extremamente confuso para realizar os pagamentos por aproximação, porém como disse o colega.

Xico Pires (@xicopires)

Não é melhor e mais rápido aproximar o cartão do nubank? Tirar o celular, abrir Google Pay, digitar a senha (ou usar biometria), verificar se NFC está ligado… sei não.

Vinicius Andrade (@Toloko)

Esperando chegar no iOS

Everton Dreher (@Dreher)

Sacar a carteira ou o celular da no mesmo, e abrir o app é questão de 1 segundo, e geralmente você faz isso enquanto o caixa está passando a compra. A leitura a aprovação do pagamento pelo NFC do celular é MUITO mais rápida. Enquanto na aproximação do cartão leva uns 4 segundos para finalizar o pagamento, com o celular é quase instantâneo: aproximou da maquininha e já finaliza.

Lucas Abreu (@lucasferabreu)

O pagamento por aproximação com cartão sim, é bem comum. Já usando o smartphone ou smartwatch nem tanto… Uma vez paguei com Samsung Pay no Galaxy Watch (Itau) e a atendente me achou um guru tecnológico kkkkk

Monin (@Monin)

Se não me engano, no Google Pay não é necessário abrir o app. Escolhendo ele como forma padrão de pagamento, basta desbloquear a tela e aproximar pra pagar.

André Cardoso (@andre)

O Google Pay não é só aproximar o celular, igual ao Apple Pay?

De qualquer forma existem outras vantagens. A ideia é juntar todas as coisas no smartphone, não precisar sair de casa com nada além dele. É também mais seguro, visto que é muito mais difícil você perder o smartphone do que sua carteira, por exemplo. E mesmo que isso acontece a pessoa que encontrar não vai ter acesso ao número do seu cartão.

Monin (@Monin)

O pessoal do comércio que não conhece essa forma de pagamento fica com o pé atrás, pior ainda se for com relógio. Daí eles ficam calmos quando a maquininha solta o comprovante.

Monin (@Monin)

Duas semanas atrás aderi ao Samsung Itaucard pra poder usar no SPay, já que até então o Nubank não tava em carteiras digitais. Agora o bonito resolveu entrar… Sou uma piada pra você, Nubank?

Agora sério, pra ficar melhor ainda pra mim, quero eles no Samsung Pay já que por lá tem programa de pontos.

Filipe Espósito (@filipeesposito)

Não sei como funciona o Google Pay, mas no Apple Pay é só encostar o iPhone na máquina (não precisa nem ligar e desbloquear antes) que ele já abre o Apple Pay, verifica o Touch ID/Face ID e pronto, compra confirmada. Com o Apple Watch é mais rápido ainda, só dar dois toques no botão lateral do relógio.

Então não, não mais rápido usar o cartão físico não. Sem contar que a ideia é justamente não depender do cartão físico, eu mesmo não ando com carteira aqui no meu bairro. Todo lugar aceita NFC.

Filipe Espósito (@filipeesposito)

O inferno congelou. Que venha para o Apple Pay também!

Luiz C. Eudes Corrêa (@Eudes)

Celular é mais seguro pois usa dados tokenizados e não o número real do cartão, além de usar a biometria no celular dispensa o uso da senha do cartão no terminal.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Exibir mais comentários