Início » Gadgets » LG vai licenciar webOS para smart TVs de outras fabricantes

LG vai licenciar webOS para smart TVs de outras fabricantes

webOS poderá ser utilizado em televisões de outras marcas, assim como acontece com Amazon Fire TV, Android TV e Roku TV

Bruno Gall De Blasi Por

Outras fabricantes de smart TVs também terão acesso ao webOS. Seguindo os passos de Amazon, Google e Roku, a LG afirmou nesta terça-feira (23) que vai licenciar o sistema operacional encontrado em suas televisões para outras empresas. A Ayonz, Konka e RCA estão entre as marcas que demonstraram interesse na plataforma.

A LG permitirá que as empresas utilizem o sistema em suas televisões. Em comunicado à imprensa, a companhia disse que a novidade “tem o potencial de remodelar o negócio de TV para provedores de tecnologia e conteúdo, enquanto aumenta significativamente a presença e destaque da LG no mercado global de entretenimento doméstico”.

A estratégia se aproxima de ações praticadas por outras companhias. É o caso da Roku, que tanto possui dispositivos próprios, como o Roku Express, quanto libera a plataforma Roku TV para outras fabricantes, como a televisão AOC S5195. Amazon e Google atuam da mesma maneira com o Fire TV e o Android TV, respectivamente.

Ainda assim, isso não significa que a LG irá disponibilizar o webOS 6.0 às demais empresas logo de cara. Ao The Verge, a marca sul-coreana afirmou que o licenciamento começará pelo webOS 5.0, que não traz a nova interface anunciada em janeiro.

LG anuncia webOS 6.0 com mudanças na interface (Imagem: Divulgação/LG)

LG anuncia webOS 6.0 com mudanças na interface (Imagem: Divulgação/LG)

LG revela webOS 6.0 com nova interface

Durante a CES 2021, a LG anunciou o webOS 6.0. A atualização chama a atenção devido ao visual remodelado, que garante uma nova tela inicial para “atender às necessidades de mudança dos hábitos de consumo de conteúdo dos espectadores”. Nela, os usuários têm acesso aos apps mais utilizados e às recomendações de conteúdos.

Além do update, a LG ainda demonstrou seu novo controle remoto. O destaque fica pela função chamada Magic Tap, que utiliza NFC para compartilhar conteúdos do celular à televisão ou vice-versa. O Magic Remote ainda possui teclas de acesso rápido à Amazon Prime Video, Alexa, Disney+, Google Assistente e Netflix.

Com informações: Engadget e The Verge

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Um SO de um dispositivo móvel, de um desktop, laptop, tem compromisso com legado, o sistema operacional garante compatibilidade com hardware antigo, de 5, 6 anos para trás.

Na TV, isso é um absurdo inaceitável.
Esse WEBOS 6 certamente só será compatível com TVs de 2021. Usuários de TVs 2019, 2018, 2020, ficam de fora, sem motivo plausível. É a obsolescência mais descarada.

E não faz sentido. Trocamos de TV a cada 10 anos. Deveria existir um compromisso sério com os usuários.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Ai que tá, nessa época faziam TVs boas, bem construídas, as de hoje em dia são uma porcaria, só ver nos matérias de acabamento, plásticos baratos, muitas vez com vazamento de back light, não são mais TVs feitas pra durar 10 anos.

Gustavo Guerra (@GustavoGuerra)

A estratégia de licenciar o WebOS me parece muito interessante, já que a LG pode gerar um caixa fácil e ainda ganhar mais reconhecimento pelo seu SO rodando nas concorrentes.

De quebra o sistema pode ficar mais robusto, já que teremos mais marcas usando, e isso pode exigir que atualizações sejam feitas com mais frequência, compatibilidades sejam mais extensas ou até novos recursos sejam adicionados.

Todos ganham!