Início » Negócios » HyperX, marca voltada para gamers, vai para as mãos da HP

HyperX, marca voltada para gamers, vai para as mãos da HP

O negócio entre a HP e a Kingston deve movimentar US$ 425 milhões, mas ainda requer a aprovação de órgãos regulatórios

Ana MarquesPor

A Kingston anunciou, nesta quarta-feira (24), a venda da HyperX para a HP – o negócio deve movimentar US$ 425 milhões e ainda depende da aprovação dos órgãos regulatórios para ser concluído. A marca voltada ao público gamer chega para alimentar a estratégia da HP no segmento de periféricos com seus headsets, teclados e microfones.

HyperX Cloud II Wireless (Imagem: divulgação/HyperX)

HyperX Cloud II Wireless (Imagem: divulgação/HyperX)

Em comunicado oficial, Enrique Lores, presidente da e CEO da HP, afirmou que a empresa continua avançando no segmento de Sistemas Pessoais e está “entusiasmada em receber a equipe [da HyperX]”. A aquisição ocorre em meio a um cenário bastante positivo para o mercado de periféricos, que tem previsão de crescimento para US$ 12,2 bilhões até 2024 – com uma parcela significativa destinada ao segmento gamer.

HP amplia portfólio gamer

A HP não é tão nova no segmento de jogos – a empresa já conta com a com notebooks e acessórios para esse público abaixo do guarda-chuva da Omen, além de uma divisão de software, responsável pelo Omen Gaming Hub. No entanto, a marca não é tão popular como as concorrentes Logitech e Razer.

A adição da HyperX deve trazer um fôlego à HP nesse sentido – ao que tudo indica, as marcas serão tratadas de forma independente.

A previsão é de que a transação seja concluída até o final do segundo semestre de 2021. Com a confirmação da venda, a Kingston ainda manterá os produtos DRAM, flash e SSD para jogadores e entusiastas.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
11 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinicius Vicentini (@ViniciusHVC)

HP, credoooo

² (@centauro)

Vão rebatizar de HX?

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

HP ainda existe?

Gigo CAP (@GigoCAP)

Será que os headsets vão fritar as oreia?

Eu (@Keaton)

Não sei o porque o pessoal está com medo. Tudo bem que a HP faz uns teclados e mouses que parecem ter sido desenvolvidos no inferno e produzidos na China… mas eu até gosto dos fones de ouvidos da HP. Ao menos o HP H100, que eu paguei 100~120 reais, tinha uma construção aceitável e uma qualidade de áudio bem decente pelo valor. O som não distorcia à menos que tu colocasse em 85%+, médio/grave/agudo bem balanceado, dava para ter uma boa noção das direções e talz… o microfone era básico, pecava um tanto por não ter espuma/proteção contra vento.
Pena que eu fui descuidado e acabei quebrando-o ao acidentalmente sentar em cima dele. Eu ia comprar o HP H200, mas acabei optando por um Logitech G332 que estava em promoção e me arrependi de tanto que o fone é bem desconfortável no começo, depois se acostuma…

Eu sinceramente espero que a HP continue fazendo acessórios de qualidade por um preço decente.

Sérgio (@trovalds)

Bom, a HP não sumindo com os produtos HyperX do mercado BR já tá bom. Porque de resto malemá acha impressora pra vender aqui.

Eu (@Keaton)

Uai… depende qual impressora tu tá procurando. High end? Porque as de entrada vendem até em mercado… :\
O que sumiu mesmo foi Epson.

Diogo Silva (@uzu)

Tenho um H500gs da linha gamer deles, é no geral é bom.

@ksio89

RIP HyperX.

Sérgio (@trovalds)

Impressoras mais robustas e outros itens que eles costumam vender, como computadores, notebooks, equipamento de rede, etc.

Eu (@Keaton)

Dependendo do que aconteceu, qualquer produto pode ter a garantia cancelada ou a situação não coberta pela garantia. Por exemplo… tu derruba um celular no chão e a tela quebra. Garantia nenhuma vai cobrir isso.

@ksio89

Essas espumas de PU, courini, couro fake etc. é loteria. Já tive headphone cuja almofada começou a esfarelar com 6 meses de uso, mesmo secando i suor constantemente e aplicando hidratante de couro. Enquanto outro headphone que eu nunca tive cuidado demorou mais de ano pra começar a esfarelar.

Mas não tiro sua razão, não é pra esfarelar com tão pouco tempo assim.