Início » Jogos » Sony vai fechar Japan Studio após sucesso de Astro’s Playroom

Sony vai fechar Japan Studio após sucesso de Astro’s Playroom

Sony decide encerrar o Japan Studio, responsável por sucessos como Patapon, Demon's Souls, Gravity Rush e Knack

Felipe VinhaPor

A Sony Interactive Entertainment anunciou planos para encerrar o Japan Studio, responsável pela produção de alguns jogos elogiados do passado. A empresa não fala em fechamento, mas sim em “reorganização”, mas, na prática, o resultado final será o mesmo, e já te explico o motivo.

Estúdio japonês da Sony deixará de existir (Imagem: Sony/Divulgação)

Estúdio japonês da Sony deixará de existir (Imagem: Sony/Divulgação)

Acontece que a decisão foi tomada após ver que games como Gravity Rush, Knack e versões remasterizadas de Patapon e LocoRoco não se tornarem grandes sucessos comerciais, apesar da boa crítica recebida.

Ao mesmo tempo, o título Astro’s Playroom, desenvolvido no Japão mas pelo Team Asobi, foi um enorme sucesso, graças ao seu lançamento pareado com o PS5 e na exploração das funções do DualSense.

Assim, após a reorganização, e com as equipes remanejadas, apenas o Team Asobi restará entre as empresas internas de desenvolvimento de jogos na SIE do Japão. Trabalhos de localização, produção externa e direção de marcas serão feitos em estúdios globais da Sony.

As mudanças passam a valer a partir de 1 de abril deste ano.

Mais de 100 jogos

O Japan Studio era responsável direto e indireto por mais de 100 jogos. Eles colaboraram com alguns dos maiores sucessos da linha PlayStation, como Bloodborne e Demon’s Souls.

O estúdio japonês estava na ativa desde 1994, quando o PSOne recebeu alguns de seus primeiros exclusivos, a exemplo de clássicos como Jumping Flash e Arc the Lad. Ao longo dos anos, os games só aumentaram em quantidade.

O último game oficial do estúdio foi o remake de Demon’s Souls para o PS5. Na página da Wikipédia do Japan Studios tem a lista completinha de títulos.

Com informações: IGN.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando