Início » Celular » Apple deve lançar iPhone dobrável sem notch na tela em 2023

Apple deve lançar iPhone dobrável sem notch na tela em 2023

Segundo rumores, Phone dobrável seria lançado apenas em 2023 e iPhone SE de 3ª geração chegaria em 2022 com suporte a 5G

Murilo Tunholi Por

Os rumores sobre os próximos iPhones indicam que a Apple deve lançar um iPhone dobrável em 2023, além da terceira geração do iPhone SE em 2022. Essas informações foram compartilhadas nesta segunda-feira (1) pelo analista taiwanês Ming-Chi Kuo, conhecido por prever os lançamentos da empresa.

Conceito de iPhone dobrável (Imagem: Reprodução/ConceptsiPhone)

Conceito de iPhone dobrável (Imagem: Reprodução/ConceptsiPhone)

iPhone dobrável e sem notch em 2023

O primeiro rumor é a possível chegada de um iPhone dobrável no final de 2023. Ou seja, a tecnologia não estaria presente no iPhone 13 nem no iPhone 14.

Para o analista, a maior dificuldade da empresa seria encontrar uma solução para a produção em massa de aparelhos com o recurso de tela dobrável. Atualmente, esses celulares não são populares e a tecnologia ainda está em fase inicial.

O iPhone de 2023 também seria o primeiro a abandonar o notch, e ter a tela ocupando toda a parte frontal do aparelho. Assim como a situação da tela dobrável, Kuo explica que a previsão depende da capacidade de desenvolvimento da Apple nos próximos anos.

Ainda de acordo com o analista, o iPhone de 2023 teria Touch ID embaixo da tela e câmera periscópica. Contudo, Kuo também fala que esses recursos podem chegar separadamente antes do esperado.

Sobre os iPhones mais próximos, Kuo explica que a Apple deve substituir o notch por apenas um furo na tela no modelo de 2022.

Novo iPhone SE (Imagem: Apple)

Novo iPhone SE (Imagem: Divulgação/Apple)

iPhone SE com 5G em 2022

Já no segmento de iPhones mais baratos, Kuo diz que a Apple deve lançar o iPhone SE de terceira geração entre o segundo semestre deste ano e o começo de 2022.

Antes, os boatos indicavam que o lançamento iria acontecer nos primeiros meses de 2021 com um iPhone SE Plus. O celular teria tela maior sem o botão físico Home na parte da frente, além de Touch ID no botão de energia. Essas informações, no entanto, perderam força após análises mais recentes de Kuo.

Segundo o analista, a Apple deve manter o visual já conhecido do iPhone SE de 4,7 polegadas. As maiores novidades seriam o suporte ao 5G e a chegada de um processador mais potente.

Kuo ainda fala que a experiência dos usuários iria melhorar com o Touch ID no botão de energia do iPhone SE, mas que não tem previsão de quando a tecnologia chegaria ao aparelho.

O iPhone SE é o celular de baixo custo da Apple, por isso não recebe muitos recursos que estão presentes em aparelhos mais caros, como os iPhone 11 e iPhone 12.

Com informações: 9to5Mac, MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando