Início » Celular » iPhone 13 deve ter notch menor e iPhone 14 pode vir com furo na tela

iPhone 13 deve ter notch menor e iPhone 14 pode vir com furo na tela

Próximos smartphones da Apple podem mudar o design de display adotado pela empresa desde o lançamento do iPhone X, em 2017

Ana MarquesPor

Os iPhones recentes têm um entalhe retangular na tela – um visual datado que remete aos primeiros celulares com notch lançados no mercado. Mas, aparentemente, esse visual está prestes a mudar: o iPhone 13 deve iniciar a transição com um recorte menor do que o visto na linha iPhone 12, e a linha iPhone 14 deve ser a primeira a trazer celulares com apenas um furo na tela.

iPhone 11 Pro Max vs. Galaxy S20 Ultra

iPhone 11 Pro Max e Galaxy S20 Ultra (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

As informações são de Ming-Chi Kuo, que tem bom histórico de acertos em previsões sobre a Apple. Kuo revelou algumas dicas do que esperar das próximas gerações de iPhones, incluindo os detalhes sobre o visual dos aparelhos.

De acordo com o analista, os smartphones lançados em 2021 terão poucas mudanças em design em relação aos seus antecessores, mantendo os mesmos tamanhos de tela. No entanto, os modelos mais avançados (iPhone 13 Pro e iPhone 12 Pro Max) devem enfim contar com taxa de atualização de 120 Hz.

Kuo afirma que a “área de entalhe reduzida” será uma das principais novidades em hardware este ano. Já a bastante esperada volta do Touch ID não parece estar nos planos da Apple, ao menos por enquanto, apesar dos rumores a respeito de um sensor sob o display.

“Acreditamos que o iPhone irá melhorar significativamente a experiência do usuário se adotar o botão Liga/Desliga com o sensor Touch ID. No entanto, atualmente, não há visibilidade sobre o momento de adoção desta nova especificação”, explicou o analista em nota ao 9To5Mac.

iPhone 12 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

iPhone 12 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Ao site MacRumors, Kuo afirmou que a tela com furo para câmera chegará, pelo menos, aos modelos mais avançados da linha iPhone 14 – com a possibilidade de estrear em todos os telefones dessa geração, se os rendimentos de produção forem bons o suficiente.

Caso isso se confirme, é possível que a Apple esteja planejando o reposicionamento de seus sensores biométricos para baixo da tela já para 2022.

O que mais esperar do iPhone 13?

Outros recursos e especificações aguardados também não devem chegar aos iPhones de 2021 – é o caso da entrada USB-C, em vez da porta Lightning. Além disso, o scanner LiDAR deve continuar apenas nos modelos mais caros, como no último ano.

As câmeras podem trazer mudanças mais significativas, com melhorias na lente ultrawide dos iPhones 13 Pro e 13 Pro Max. A bateria também deve contar com um upgrade na capacidade, o que resultaria em um aumento de peso nos telefones.

Com informações: MacRumors e 9To5Mac

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Apple chegando em 2019

Vítor Gomes Neves Oliveira (@vctgomes)

O sensor biométrico no botão power é uma porcaria. Se for pra tê-lo, melhor manter o FaceID q sairá eles por eles.

Já usei o S10e com esse sensor nesse local e é bem incomodo. Se vc pegasse o celular com a outra mão não poderia desbloquear, se o celular está na mesa ele não funciona (algo normal pra qm tem iPhone com FaceID) etc.

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Tenho um Sony com sensor biométrico posicionado no centro da lateral direita e ele funciona muito bem, inclusive ao pegar com a outra mão ou quando o aparelho está na mesa. Acho que no S10e ficou ruim por conta da posição muito alta na lateral do smartphone e pelo sensor aparentemente ser mais estreito que nos aparelhos da concorrência que também usam esse tipo de sensor…

Raul H. (@raulxgang)

Sensor biométrico no botão power?

Então há de esperarmos o sensor embaixo da tela no iPhone 20.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Vai ser o que for anunciado oficialmente, até isso acontecer, não passa de rumor e chutometria.

² (@centauro)

Menor significa tamanho reduzido.
Tamanho pode ser volume, área, comprimento, tanto faz.
Se pelo menos uma das dimensões for reduzida (com as outras sendo mantidas), vai ser necessariamente menor.
Se aumentarem uma dimensão e diminuirem outra, daí pode ser que não fique menor porque vai depender da proporção da mudança.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

O que acho engraçado nesses rumores e “vazamentos” é que muitos não fazem se quer sentido.

O entalhe hoje é a identidade do iPhone, gostemos ou não. Sinceramente ignoro a exigência.

Do ponto de vista de evolução da tecnologia, um dia ele deixará de existir, porém até isso acontecer não acho que a Apple reduziria esse ano e no seguinte mudaria novamente.

Para uma empresa que passou do iPhone 2G ao SE 2, com a mesma proporção de bordas, e do X ao 12 com o mesmo notch, me soa improvável uma mudança de configuração frontal por dois anos consecutivos.

O que realmente acredito é que eles diminuiriam o notch, para liberar espaço para novos componentes. Quanto ao iPhone com furo, pode ser mais um caso de telefone sem fio, onde quando a câmera fosse ativada, a área do sensor fotográfico escureceria em um formato que lembra um furo, para dar passagem a luz e minimizar a interferência dos pixéis acessos.