Início » Telecomunicações » TIM anuncia acordo para expandir fibra óptica no Brasil com rede neutra

TIM anuncia acordo para expandir fibra óptica no Brasil com rede neutra

Rede neutra FiberCo poderá ter IHS Brasil como sócia; negócio irá alavancar investimentos para expandir banda larga TIM Live

Lucas Braga Por

A TIM divulgou nesta quinta-feira (4) que firmou um acordo de exclusividade com a IHS Brasil para negociar a FiberCo, empresa que ficará responsável pela rede de internet fixa da companhia. Seguindo o modelo de rede neutra que também foi adotado por Vivo e Oi, outros provedores poderão utilizar a mesma infraestrutura. A operadora aposta em investimentos para expansão de cobertura da banda larga TIM Live.

FiberCo da TIM irá expandir fibra óptica (Imagem: Tecnoblog)

A possível sócia, IHS Brasil, já possui experiência no mercado de telecomunicações: a empresa é provedora de infraestrutura em mercados emergentes e atua no Brasil e outros países da África, Oriente Médio e América Latina. Ao todo, a companhia possui mais de 28 mil torres de celular, com cerca de 2.200 antenas de telefonia móvel em território nacional.

O acordo de exclusividade terá validade até 24 de março de 2021. De acordo com a TIM, a sociedade com a FiberCo permitirá que a operadora “alcance o crescimento esperado no mercado de fibra brasileiro nos próximos anos” . Os valores em negociação não foram divulgados ao mercado.

A FiberCo será a empresa responsável pela última milha, ou seja, pelo acesso de fibra óptica ou cabos metálicos (tecnologia xDSL) até a casa do cliente. A companhia neutra não irá incorporar o backbone e backhaul da TIM, ou seja, a operadora irá continuar gerenciando toda a rede de transporte de dados que interliga cidades, estados e antenas.

A rede da TIM Live terminou o ano de 2020 com presença em em 27 municípios brasileiros e o Distrito Federal. Com tecnologia de fibra óptica, a empresa tem cobertura para 3,2 milhões de domicílios. A operadora ainda usa a tecnologia xDSL em 5 localidades, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com a Anatel, a TIM tem 655,6 mil clientes de banda larga no Brasil. A maior parte dos acessos é feita através de tecnologia xDSL, com 51,8%, e o restante é atendido com fibra óptica até dentro da casa (FTTH). O estado de São Paulo é o maior mercado e responde por 301 mil modens conectados.

Vivo e Oi também apostam em rede neutra

A Vivo fechou um acordo bilionário com o fundo canadense CPDQ, que pagará R$ 1,8 bilhão pela participação de 50% na nova empresa neutra FiBrasil. A operadora irá contribuir com cobertura de fibra óptica para 1,6 milhão de domicílios, e espera que a parceria seja capaz de expandir a rede de banda larga Vivo Fibra para 5,5 milhões de lares em quatro anos, com foco em cidades médias fora do estado de São Paulo.

Já a Oi é o exemplo mais rico e complexo quando se trata desse assunto: a operadora criou a InfraCo, que será responsável pelos mais de 400 mil km de fibra óptica da tele. Com valor comercial avaliado em R$ 20 bilhões, um acordo de exclusividade foi firmado para negociação com o banco BTG Pactual e a Globenet, que atua com cabos submarinos.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando