Início » Brasil » App DPU Cidadão ajuda quem teve auxílio emergencial indeferido

App DPU Cidadão ajuda quem teve auxílio emergencial indeferido

DPU Cidadão agora permite abrir processo para analisar auxílio emergencial indeferido e acompanhar todo o caso pelo celular

Darlan Helder Por

Uma nova versão do aplicativo DPU Cidadão agora oferece ajuda a brasileiros que tiveram o auxílio emergencial indeferido. Desenvolvido pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), o app foi lançado em dezembro passado e já recebeu quase 2 mil solicitações de assistência para o benefício do governo federal.

Aplicativo DPU Cidadão, da Defensoria Pública da União (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Aplicativo DPU Cidadão, da Defensoria Pública da União (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

DPU Cidadão: processos para o auxílio emergencial

O aplicativo da Defensoria Pública da União (DPU) está disponível para Android e iPhone (iOS). Os cidadãos agora conseguem abrir Processo de Assistência Jurídica (PAJ), encaminhar documentos, responder notificações e acompanhar todas as etapas do caso reportado. Para ter acesso, a Defensoria Pública da União recomenda um cadastro prévio no portal Gov.br.

Se você precisa de ajuda com o auxílio emergencial indeferido, o órgão reforça que a assistência só permite o atendimento inicial. Se o cidadão não anexar os documentos relacionados em até cinco dias, o processo pode ser arquivado. Carlile Soares, gerente de Divisão do Domínio Incubadora do Serpro, explica que, se a pessoa já encaminhou a solicitação presencialmente em uma unidade física da DPU, é possível, então, monitorar o processo no app através do código de acesso.

App Caixa Tem / Auxílio Emergencial (imagem: Lucas Lima/Tecnoblog)

App Caixa Tem / Auxílio Emergencial (imagem: Lucas Lima/Tecnoblog)

De acordo com a DPU, o recurso pode ser usado por brasileiros com renda familiar de até R$ 2 mil. Além disso, o solicitante deve residir em um local que tenha unidade de atendimento da DPU habilitada para o serviço online.

E quem não tem acesso à internet?

O cidadão que precisa de ajuda com o auxílio emergencial e não tem acesso à tecnologia, a DPU informa que o atendimento presencial segue funcionando normalmente. O mesmo vale para quem não conseguir, por algum motivo, acessar o aplicativo.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando