Início » Jogos » Ladrão em fuga sai para comprar Call of Duty e é preso pela polícia

Ladrão em fuga sai para comprar Call of Duty e é preso pela polícia

Ladrão procurado pela polícia inglesa fura isolamento social para comprar jogo de videogame e se dá muito mal

Felipe Vinha Por

Clint Butler, de 36 anos, foi preso enquanto comprava uma cópia de Call of Duty Black Ops Cold War, na Inglaterra. O grande problema é que, além de furar restrições do isolamento social para uma compra não-essencial, Butler também era um criminoso procurado e foragido.

Call of Duty: Black Ops Cold War (Imagem: Divulgação/Activision)

Call of Duty: Black Ops Cold War (Imagem: Divulgação/Activision)

Imagens da fuga

O ocorrido, na verdade, foi em 13 de janeiro deste ano, mas imagens filmadas pela polícia só foram liberadas agora, no canal oficial da West Midlands Police. O vídeo mostra o homem sendo abordado pelos oficiais, enquanto chuta um deles e tenta fugir.

Quando foi abordado, Butler disse que saiu para comprar o novo Call of Duty, pois não aguentava mais o lockdown que estava imposto na cidade. Quando foi questionado de detalhes sobre sua missão, perdeu a pose e tentou entrar em fuga.

Veja o momento:

Os policiais logo descobriram que Butler era um criminoso procurado e fugitivo da prisão desde 28 de novembro de 2020 – condenado a 17 anos de reclusão por diversos crimes, incluindo assalto a mão armada. Ele deu um nome falso, quando foi abordado.

O relato oficial conta ainda que Butler estava na rua com um amigo e os policiais notaram que os dois mudaram de direção quando foram notados – isso teria chamado a atenção dos agentes. “O motivo que o levou a tomar a decisão idiota de comprar um jogo durante o lockdown e arriscar será um mistério para sempre”, comentou um dos agentes, ao site Eurogamer.

Com informações: Eurogamer.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando