Início » Aplicativos e Software » Samsung garante atualizações de segurança para celulares antigos

Samsung garante atualizações de segurança para celulares antigos

Com a nova promessa de atualizações para celulares e tablets da Samsung, aparelhos recebem ao menos dois updates a cada ano

André FogaçaPor

A Samsung divulgou uma lista mais detalhada com o nome de cada aparelho que receberá atualizações de segurança, dentro da nova política para updates que chegam durante quatro anos. A novidade é um deleite até mesmo para donos de celulares mais antigos, como os Galaxy S8, J7 e até o J3 de 2017.

Samsung Galaxy S8 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy S8 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A fragmentação do mundo Android sempre foi um desafio bastante grande para as fabricantes trabalharem em atualizações de sistema operacional, problema persistente até mesmo em updates com correções de segurança para os dispositivos. A Samsung vem se destacando na solução deste dilema, principalmente quando iniciou uma política que entrega patches por quatro anos desde a data de lançamento do dispositivo – mais abrangente até mesmo que os Pixel do próprio Google.

Quando anunciada, o objetivo da empresa asiática envolvia dar atenção para celulares lançados a partir de 2019, dividindo o update em mensal, trimestral e “outro período”. O tempo misterioso ficaria para aparelhos mais antigos. Agora, pouco tempo depois, a Samsung resolveu preencher a lista com mais nomes e explicar a periodicidade das atualizações em modelos menos recentes.

A partir de agora, o “outro período” coloca celulares recebendo atualizações que chegam ao menos duas vezes por ano. Segundo a Samsung, estes updates não devem introduzir novos recursos ou arrumar problemas de desempenho que aparecem durante o tempo de vida do smartphone, mas “incluem patches lançados pelo Google para problemas de segurança relacionados ao sistema operacional Android, bem como patches para problemas de segurança específicos da Samsung”.

Atualizações de segurança mensais da Samsung

Atualizações de segurança trimestrais da Samsung

  • Linha S:
    • Galaxy S8, Galaxy S8+ e Galaxy S8 Active;
  • Linha Note:
    • Galaxy Note8;
  • Linha A:
  • Linha M:
    • Galaxy M10s, Galaxy M30, Galaxy M30s, Galaxy M40, Galaxy M01, Galaxy M11, Galaxy M21, Galaxy M31, Galaxy M31s, Galaxy M51 e Galaxy M12;
  • Linha F:
    • Galaxy F62;
  • Tablets:
    • Galaxy Tab A 10.1 (2019), Galaxy Tab A 8 (2019), Galaxy Tab A with S pen, Galaxy Tab A 8.4 (2020), Galaxy Tab A7, Galaxy Tab Active2, Galaxy Tab Active Pro, Galaxy Tab Active3, Galaxy Tab S5e, Galaxy Tab S6, Galaxy Tab S6 5G, Galaxy Tab S6 Lite, Galaxy Tab S7, Galaxy Tab S7+ e Galaxy View2;
  • Linha Fold:
    • W20 5G e W21 5G;

Atualizações de segurança semestrais da Samsung

  • Linha S:
    • Galaxy S8 Lite;
  • Linha Note:
    • Galaxy Note FE;
  • Linha A:
    • Galaxy A6, Galaxy A6+, Galaxy A7 (2018), Galaxy A8+ (2018), Galaxy A8 Star, Galaxy A8s e Galaxy A9 (2018);
  • Linha J:
    • Galaxy J2 Core, Galaxy J3 (2017), Galaxy J3 Top, Galaxy J4, Galaxy J4+, Galaxy J4 Core, Galaxy J5 (2017), Galaxy J6, Galaxy J6+, Galaxy J7 (2017), Galaxy J7 Duo, Galaxy J7 Prime2, Galaxy J7 Pop, Galaxy J7 Top, Galaxy J7 Max, Galaxy J7 Neo, Galaxy J7+, Galaxy J8;
  • Linha M:
    • Galaxy M10 e Galaxy M20;
  • Tablets:
    • Galaxy Tab A (2017), Galaxy Tab A 10.5 (2018), Galaxy Tab S3, Galaxy Tab S4 e Galaxy Tab E 8 Refresh;

É importante notar que a tabela garante as atualizações liberadas pela Samsung. A própria empresa ressalta que algumas operadoras podem alterar o período de cada aparelho – quando o celular é comprado fora do varejo.

Com informações: Samsung.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Juliano Machado Olivetti (@Juliano_Machado_Oliv)

Ainda que o ideal seja as correções mensais, já é uma grande evolução na linha Samsung e uma revolução comparada ao mercado em geral. E bem lembrado a timidez da própria Google, afinal tirei da caixa um novo Pixel 3 XL no meio do ano passado, e desanima saber que esse vai ser o último ano de suporte e correções que receberá.