Início » Aplicativos e Software » Tinder distribui testes de Covid-19 de graça para viabilizar encontros

Tinder distribui testes de Covid-19 de graça para viabilizar encontros

Isso significa que, em breve, 500 membros do Tinder poderão levar o crush para um encontro presencial, após fazer o teste

Melissa Cruz Cossetti Por

Enquanto a Geração Z — os nascidos entre a segunda metade dos anos 1990 até o início do ano 2010 — espera na fila da vacina, o Tinder e o laboratório Everlywell querem dar uma forcinha distribuindo kits de coleta doméstica de testes de Covid-19.

Isso significa que, em breve, centenas de membros do Tinder poderão levar seu crush para um encontro presencial, fazendo testes de COVID-19 antes de se aventurarem, claro, com o envio de dois testes por correspondência, para eles próprios e para o par.

Tinder distribui testes de COVID-19 (Imagem: Divulgação / Everlywell)

Tinder distribui testes de COVID-19 (Imagem: Divulgação / Everlywell)

A iniciativa tenta oferecer um pouco de segurança para aqueles que desejam ter encontros presenciais com pessoas que, até então, estão conversando apenas online.

Mas, apesar da ação encher os coraçõezinhos de esperança, você provavelmente não vai conseguir um par desses kits. São apenas 1.000 testes de Covid-19 no total e restrito aos Estados Unidos. Ou seja, apenas 500 casais serão presenteados com um desses.

Tinder distribui testes de Covid-19

Quem estiver nos EUA precisa se preparar para conseguir uma dupla de testes antes que as unidades acabem. No primeiro dia de primavera, 20 de março (sábado), os usuários vão poder solicitar um código para obter um teste gratuito a partir das 19h.

De acordo com o Slashgear, os envios para os casais sortudos devem começar em 22 de março. Não é preciso dizer que os testes não cobrirão todos os usuários do Tinder. Os pedidos são registrados por ordem de chegada e, quando todos acabarem, acabou.

Não tem no Brasil…

Assim como o serviço que vai verificar antecedentes criminais de usuários do Tinder, a iniciativa gratuita dos testes de Covid-19 não deve chegar ao Brasil. De acordo com a assessoria do Tinder, essa é uma ação que ocorre apenas em território americano.

O kit de coleta recebeu nos EUA a autorização para que compradores possam enviar amostras de fluidos para testes rt-PCR que atendem aos padrões de referência do FDA (Food and Drug Administration). Um kit custa US$ 109. O envio da amostra é gratuito e o resultado sai dentro de 24 a 48 horas após o laboratório recebê-la. Uma consulta de telessaúde também está disponível dentro do pacote para orientação em caso positivo.

Com informações: Tinder

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando