O papo de hoje é sobre os tokens não fungíveis, mais conhecidos como NFTs. Se você acompanha o noticiário de tecnologia, provavelmente ouviu essa sigla nas últimas semanas. Artistas, youtubers e até empresários de tecnologia levantaram milhões de dólares negociando o criptoativo.

Tecnocast 184 – Tudo o que você precisa saber sobre NFT (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Tecnocast 184 – Tudo o que você precisa saber sobre NFT (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Mas afinal, o que faz um NFT? Como esses tokens funcionam? A gente te conta tudo, com a ajuda de dois convidados especialistas no assunto.

Participantes

Oferecimento: Motorola 5G

Você sabia que os primeiros smartphones 5G do Brasil são da Motorola? Com o Motorola Edge Plus, Motorola Edge, Moto G 5G Plus, Moto G 5G e Lenovo Legion Duel você está pronto para a tecnologia que está revolucionando o futuro da internet no país: a conexão 5G.

Com ela, você baixa filmes em questão de segundos e se diverte em streaming de jogos on-line sem nenhuma lentidão.

Essa é a Motorola inovando mais uma vez e ressignificando nossa maneira de nos conectar. Então conheça a Família 5G da Motorola, os primeiros 5G do Brasil!

Assine o Tecnocast

Créditos

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tech Nerd 🤓 (@technerd)

Ainda não tive tempo para ouvir, mas deixo aqui meus parabéns pelo pioneirismo na cobertura de criptoativos no Brasil. Informação ainda é a melhor ferramenta que possuímos para investir melhor e não cair em fraudes. Depois que ouvir o podcast edito o comentário, abraço!

imhotep (@imhotep)

Eu acho q tudo é baseado na psicologia, na percepção q a pessoa ou a sociedade tem de determinada coisa.
Um quadro como a Monalisa tem valor, pq ele é percebido assim pela sociedade, não só pela técnica envolvida na pintura, mas porque ao longo dos séculos, essa arte foi ganhando valor.
É inegável q a técnica do artista tb tem q ser levada em consideração.
O próprio dinheiro é assim - se vc tem 100 reais no banco, não tem um cofrinho com uma nota de 100 te esperando sacar. É só um número relacionado com vc, no caso o seu CPF. E esse número é válido pq existe credibilidade em cima da instituição bancária q dá valor a esse número. Mas mesmo q eu saque o dinheiro, é só um pedaço de papel, q tem valor pq ele é percebido pela sociedade e tem credibilidade junto ao seu país q dá valor àquele pedaço de papel. Antigamente ainda era lastreado em ouro, mas hoje nem isso. E o próprio ouro, o metal, tem o seu valor em sua raridade e aí entra o blockchain e a percepção q as pessoas têm da tecnologia e a credibilidade q essa tecnologia tem para registrar fielmente o valor daquilo. Em tempos de deep fake, poder usar o blockchain pra dar credibilidade àquela imagem, vídeo, ou qualquer outro tipo de documento, era um caminho esperado, assim q essa tecnologia estivesse disponível.

Danillo Nunes (@danillonunes)

“to mint” pode ser traduzido para “cunhar”, não “mintar”.

imhotep (@imhotep)

Concordo.
Mas a turma de tecnologia adora um neologismo com base na língua inglesa.

Eita (@mandatario)

Pra mim esta claro. Pagar caro por coisas nada ver é lavar dinheiro.

Tech Nerd 🤓 (@technerd)

Não é pq VOCÊ não enxerga valor que a coisa não valha muito.

imhotep (@imhotep)

Pra uma pessoa pode fazer sentido. Pra sociedade não.

Eita (@mandatario)

Enxergo muito valor em blockchain. O que não enxergo é na outra coisa que vc ignorou

André Gorgen (@Banana_Phone)

Obrigado por esse Tecnocast, no episódio anterior eu sugeri esse tema nos comentários.
Em alguns casos o NFT faz sentido, como os que os convidados citaram, mas esses que geralmente aparecem na mídia realmente não consigo entender o que leva uma pessoa a pagar tão caro por um twíte ou um desenho do Logan Poul.

Leonardo Nogueira de Deus (@Leonardo1)

Como sugestão, e tomando o exemplo do primeiro twíte, poderiam registrar como NFT o primeiro episódio do Tecnocast e o primeiro post do Tecnoblog com participação percentual (a definir pelo Mobilon e equipe) aos envolvidos na criação juntamente com comissão de 10% sobre revendas. Pode ser que não dê em nada, mas vai que…

Victor Hugo (@Hawk)

Eu só queria saber como faço para sacar meus bitcoins e comprar um colchão novo lá na casas bahia.

Eu passei o episódio todo aguardando vocês perguntarem como está o saldo da conta no banco dos convidados.

Esse dinheiro de mentirinha aí, que não serve para nada concreto, faz diferença nenhuma no mundo real.
Os caras não conseguem comprar um pão de queijo na padaria da esquina com esse dinheirinho de banco imobiliário.