Início » Aplicativos e Software » Office mais caro: Microsoft 365 Personal e Family aumentam de preço no Brasil

Office mais caro: Microsoft 365 Personal e Family aumentam de preço no Brasil

Microsoft 365 ficou sem reajuste em 2020 por causa da pandemia, mas Microsoft decidiu aumentar preços em 2021

Emerson AlecrimPor

Se você usa o Microsoft 365 (antigo Office 365), atenção: neste mês de março, as assinaturas do Microsoft 365 Personal e do Microsoft 365 Family ficaram mais caras no Brasil. De acordo com a Microsoft, o reajuste vem após um ano de preços reduzidos no país em relação a outros mercados.

Microsoft Office (imagem: divulgação/Microsoft)

Microsoft Office (imagem: divulgação/Microsoft)

Alguns usuários receberam e-mails sobre o aumento de preços nos últimos dias. Mas também houve assinantes notando o reajuste ao conferir a fatura do cartão de crédito. Pudera: os novos valores passaram a valer em 1º de março.

Apesar disso, a Microsoft confirmou a mudança só recentemente. Ao Tecnoblog, a companhia informou que o reajuste visa alinhar a sua política de preços locais aos valores praticados em outros países:

Desde Março 2020, clientes e parceiros no Brasil puderam comprar produtos da Microsoft com uma redução de até 30% no preço em relação aos preços praticados globalmente em dólares norte-americanos.

Após um ano de estabilidade de preço oferecida para nossos parceiros e clientes, estamos retornando à nossa política padrão para alinhar a lista de preços local a região da América Latina e aos preços globais.

De fato, em março de 2020, a Microsoft reajustou as assinaturas do então Office 365 no Brasil, mas, diante da situação de pandemia, decidiu voltar aos preços anteriores pouco tempo depois.

Microsoft 365: aumento de 17%

Em abril de 2020, o Office 365 Personal passou a ser chamado de Microsoft 365 Personal e o Office 365 Home foi rebatizado para Microsoft 365 Family. Mesmo assim, os preços foram mantidos.

Agora é diferente. Como já ficou claro, a Microsoft optou por aplicar os reajustes em 2021. Eis os novos valores:

  • Microsoft 365 Personal (mensal): de R$ 24 para R$ 28
  • Microsoft 365 Personal (anual): de R$ 239 para R$ 279
  • Microsoft 365 Family (mensal): de R$ 29 para R$ 35
  • Microsoft 365 Family (anual): de R$ 299 para R$ 349

Vale lembrar que a versão Family dá acesso a todas as ferramentas do Microsoft Office (Word, Excel, PowerPoint e outros) mais 1 TB de espaço no OneDrive (por usuário) para até seis pessoas. Já a versão Personal limita esses recursos a uma pessoa.

Os novos valores correspondem a uma reajuste de aproximadamente 17%. Note, porém, que esses são os preços oficiais, ou seja, praticados pela Microsoft Store. No varejo, é possível encontrar as assinaturas anuais do Microsoft 365 Personal e do Microsoft 365 Family por valores mais acessíveis.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando