Início » Gadgets » TV 4K Philco PTV50RCG70BL: nome enorme com Roku TV

TV 4K Philco PTV50RCG70BL: nome enorme com Roku TV

Primeira TV 4K do Brasil com Roku TV é da Philco e tem recursos básicos sem cobrar preço salgado

Paulo HigaPor
Nota Final7.8
TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A Philco PTV50RCG70BL é a primeira TV 4K do Brasil com a plataforma Roku TV. O produto com nome assustador tem 50 polegadas, design com bordas minimalistas e as tecnologias HDR10 e Dolby Audio para aumentar a imersão nos seus filmes e séries. A fabricante faz questão de ressaltar o processador quad-core e a rapidez do software, chamando sua TV de “Fast Smart TV”.

No Brasil, a TV da Philco desembarcou por um preço sugerido muito alto, de R$ 3.399, mas ela já podia ser encontrada por menos que concorrentes da Samsung, LG e TCL. Será que vale a pena comprar uma? Eu assisti a dezenas de horas de conteúdo na PTV50RCG70BL (ufa!) nas últimas semanas e conto minhas impressões nos próximos minutos.

Análise da PTV50RCG70BL com Roku TV em vídeo

Aviso de ética

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra desde 2005. Nossas análises não têm intenção publicitária, por isso ressaltam os pontos positivos e negativos de cada produto. Nenhuma empresa pagou, revisou ou teve acesso antecipado a este conteúdo.

A PTV50RCG70BL foi fornecida pela Roku por empréstimo e será devolvida à empresa após os testes. Para mais informações, acesse tecnoblog.net/etica.

Design, conexões e controle remoto

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O design da PTV50RCG70BL com Roku é semelhante ao da PTV50G70SBLSG, que roda um sistema operacional bem limitado, e ao da PTV50G71AGBLS, que conta com Android TV. É importante ressaltar a nomenclatura confusa da Philco porque, embora todas sejam de 50 polegadas e tenham tecnologias semelhantes, a experiência pode variar significativamente quanto aos aplicativos disponíveis, velocidade de operação e até processamento de imagem.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Dito isso, a TV da Philco tem um visual moderno, com bordas laterais e no topo quase imperceptíveis, lembrando o design minimalista da Samsung TU8000. Os pés em formato de “V” invertido são metálicos e deixam a TV segura quando instalada sobre uma estante. É um acabamento simples, dentro do que eu espero de um televisor 4K de entrada.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

As conexões estão do lado esquerdo e surpreendem pelas quatro portas HDMI, uma característica incomum nessa categoria — ainda mais considerando que algumas marcas, como a Samsung, vêm apostando em TVs com apenas duas entradas. No mesmo local, vemos também duas USB, uma Ethernet, uma entrada de antena de TV, uma saída de áudio óptica e até uma entrada P2, outro item cada vez mais raro. Para não terminar os elogios, o Wi-Fi suporta a frequência de 5 GHz e redes 802.11ac.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O controle remoto é uma versão abrasileirada da Roku, com os quatro atalhos para plataformas de vídeo (nesse caso, Netflix, Globoplay, Google Play e HBO Go), os botões coloridos de interatividade da TV digital e um teclado numérico para alternar entre canais. O acessório é bem simples, sem comandos de voz ou conexão Bluetooth como alguns modelos da concorrência.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Sobre o controle remoto, eis uma observação: esta é a minha primeira TV, depois de 30 modelos analisados, que veio sem pilhas. Não é o fim do mundo, mas cria uma primeira impressão ruim. Eu não tinha pilhas AAA, a configuração inicial da TV não podia ser feita pelo celular e a TV não tem botões físicos, o que impossibilitou o uso imediato. Enquanto saía de casa para comprar pilhas, fiquei me perguntando por que a Philco pensou que seria uma boa ideia cortar 0,2% do valor do produto com essa decisão.

Qualidade de imagem

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A qualidade de imagem da Roku TV da Philco é satisfatória, mas não surpreende em comparação com as concorrentes, como a Samsung TU8000, ficando até atrás em alguns quesitos. A própria fabricante não colabora para criar uma boa primeira impressão, porque todas as entradas de vídeo ficam no modo de baixo consumo de energia por padrão — é preciso ajustar cada entrada manualmente para melhorar os resultados.

O brilho fica dentro da média do segmento, ou seja, não é muito forte e pode não dar conta de ambientes com bastante entrada de luz solar, mas é competente. Minha unidade de teste apresentou um preto uniforme e relativamente profundo. O contraste é bom, graças ao painel VA, mas insuficiente para fazer você notar alguma diferença no alcance dinâmico ao assistir a conteúdos com HDR.

O volume de cores não impressiona à primeira vista, mas a TV faz um ótimo trabalho em suavizar os degradês e evitar o color banding mesmo em testes sintéticos, o que também garantiu uma excelente reprodução de céus, mares e dunas.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A maior fraqueza é o ângulo de visão, que se mostrou limitado inclusive em comparação com outras TVs de entrada com painel VA. Sentando a 30 graus do centro da TV, já é possível perceber uma perda de saturação relevante nas cores, que ficam com um aspecto lavado. Se o ambiente for mais largo e nem todo mundo puder assistir à TV exatamente de frente, o modelo da Philco não é o mais recomendado.

Outro público que pode não ser tão bem atendido é o gamer, já que a latência ficou em torno dos 35 milissegundos nos meus testes, no modo de jogo em 4K a 60 Hz. Não é um input lag tão ruim, mas é notavelmente inferior aos 15 milissegundos de modelos como TCL P715 e LG UN8000.

Qualidade de som

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Já o som integrado tem especificações acima da média, com dois alto-falantes de 12 watts cada, totalizando uma potência de 24 watts. A maioria das TVs desse segmento tem 20 watts em dois canais, sendo que algumas são de 16 watts. Na prática, os números maiores da Roku TV da Philco realmente resultam em maior pressão sonora, permitindo que a TV atinja volumes mais altos e cubra ambientes maiores.

Os alto-falantes só não se sobressaem em relação à concorrência porque o alcance dinâmico deles é igualmente limitado nas baixas frequências. Mesmo no modo de som focado em graves, a equalização só consegue um pequeno ganho nos médio-graves, o que tende a embolar a apresentação. Por isso, você dificilmente vai ter problema com volume, mas talvez ainda queira uma soundbar se quiser uma imersão melhor nos filmes.

Software e funções de smart TV

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Eu já elogiei bastante a Roku TV em ocasiões anteriores e mantenho minha posição: é uma das melhores plataformas de smart TV disponíveis no mercado. A interface é rápida e fácil de usar, a compatibilidade com serviços de música e vídeo é muito ampla e o aplicativo móvel traz recursos úteis, como a Audição Privada, que transmite o áudio da TV no seu celular — assim, você pode usar um fone de ouvido para não incomodar quem estiver deitado do seu lado.

Netflix, Globoplay, Google Play e HBO Go podem ser facilmente acessados pelos botões de atalho do controle remoto. Na loja de aplicativos da Roku, que a empresa chama simplesmente de “canais”, você pode encontrar nomes como Spotify, Apple TV+, Disney+, Paramount+, Pluto TV, DirecTV Go, Plex e mais. Os canais abrem rapidamente e rodam de maneira fluida na TV da Philco.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Os modelos 4K da Philco com Roku TV têm compatibilidade com Apple AirPlay, o que permite transmitir rapidamente um áudio ou vídeo a partir do seu iPhone ou Mac. O suporte ao HomeKit também está presente e possibilita automações simples para ligar e desligar a TV ou alternar entre as entradas. E quem tiver um Android pode aproveitar o espelhamento de tela por meio do protocolo Miracast.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Pelo aplicativo da Roku, você pode controlar a TV, instalar novos canais, transmitir conteúdo salvo no aparelho e usar um teclado virtual para não ter que digitar com os botões direcionais do controle físico. Quem gosta de fazer ajustes finos na imagem pode configurar aspectos como nível de redução de ruído, espaço de cores e balanço de branco.

Vale a pena?

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A primeira Roku TV 4K do Brasil é cheia de poréns, mas faz sentido se você estiver procurando uma smart TV sem gastar tanto dinheiro. Pelo preço de lançamento de R$ 3.399 pela versão de 50 polegadas, a compra definitivamente não vale a pena, mas o modelo podia ser encontrado por menos de R$ 2,4 mil no varejo no momento em que eu fazia este review — mais barato que concorrentes de mesmo tamanho, como Samsung TU8000 e LG UN7310.

A qualidade de imagem é condizente com o que se espera de uma TV dessa faixa de preço e só não vai agradar se você for um gamer hardcore ou tiver uma sala de estar mais larga. Também gostei de algumas características da Philco, como a entrada P2 e a existência de quatro conexão HDMI, mais do que TVs como a Samsung Q60T, que é bem mais cara. A plataforma da Roku também conta pontos a favor por ser rápida, cheia de recursos e com uma loja completa de aplicativos.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 4K Philco PTV50RCG70BL com Roku TV (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Desde que você encontre a PTV50RCG70BL (que é diferente da PTV50G70SBLSG e da PTV50G71AGBLS) pelo preço certo, a nova TV 4K da Philco pode ser uma boa opção na sua casa.

TV 4K Philco PTV50RCG70BL

Prós

  • Boa qualidade de imagem para uma TV básica
  • Quatro entradas HDMI e Wi-Fi 802.11ac dual-band: tá de parabéns
  • Roku TV é rápido e cheio de aplicativos, digo, canais

Contras

  • Ângulo de visão mais limitado
  • Input lag não é dos melhores
  • Som poderia ter mais do que só volume alto
  • Não muda uma decisão de compra, mas sério que não dava para mandar pilhas?
Nota Final7.8
Design
7
Conectividade
9
Imagem
7
Som
7
Usabilidade
9

Especificações técnicas

  • Modelo: PTV50RCG70BL
  • Tamanho do painel: 50 polegadas (127 cm)
  • Resolução: 3840×2160 pixels
  • Taxa de atualização: 60 Hz
  • Tipo de painel: VA LCD
  • Tecnologias de imagem suportadas: HDR10
  • Potência dos alto-falantes: 2x 12 watts
  • Tecnologias de áudio suportadas: Dolby Digital Plus
  • Sistema operacional: Roku TV
  • Consumo de energia: 83,5 watts (médio), <0,5 watt (standby)
  • Entradas de vídeo: 4 HDMI 2.0 (ARC, HDMI-CEC), 1 RF, vídeo componente
  • Saídas de áudio: 1 saída de áudio óptica digital, 1 saída de áudio analógica (3,5 mm)
  • Outras conexões: 2 USB 2.0, Wi-Fi 802.11ac dual-band, Ethernet
  • Dimensões (largura x altura x profundidade): 111,4×64,3×8,9 cm (sem a base) e 111,4×90×20 cm (com a base)
  • Peso: 10,2 kg

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando