Início » Computador » Asus VivoBook 15 chega ao Brasil com Core i7 de 11ª geração

Asus VivoBook 15 chega ao Brasil com Core i7 de 11ª geração

Todos os modelos de VivoBook 15 lançados pela Asus no Brasil contam com SSD, entrada USB-C e placa de vídeo Nvidia GeForce

André FogaçaPor

A Asus anunciou nesta terça-feira (23) o lançamento de novos notebooks da linha VivoBook 15 no Brasil. Ao todo são dois modelos com tela de 15 polegadas, ambos trabalham com a décima primeira geração dos processadores Intel Core i7, oferecem uma porta USB-C e todas as variantes entregam SSD para o usuário, custando a partir de R$ 7,3 mil.

Asus VivoBook K513EP (Imagem: divulgação/Asus)

Asus VivoBook K513EP (Imagem: divulgação/Asus)

Os dois modelos, divididos em quatro variantes internas de um lado e apenas uma do outro, contam com tela inserida em um corpo de bordas finas (ocupando 85% da área do display) e touchpad generoso na parte inferior. Perto dele fica um detalhe para a marca, que é a presença de um aro em amarelo fluorescente no contorno da tecla “Enter”. Com peso de 1,8 quilo, a Asus promete uma função exclusiva para aumentar o desempenho em até 40% em qualquer configuração escolhida para o VivoBook 15.

Os novos portáteis contam com certificação TÜV Rheinland e tecnologia Eye Care, prometendo diminuir a emissão de luz azul, junto de imagens exibidas sem cintilação para o conforto visual.

Asus VivoBook K513EP (Imagem: divulgação/Asus)

Asus VivoBook K513EP (Imagem: divulgação/Asus)

Todos os VivoBook 15 contam com GPU Nvidia

Por dentro, todos os modelos contam com processador Intel Core i7 de décima primeira geração, GPU Nvidia GeForce MX 330 com 2 GB de RAM GDDR5 dedicada, que é um alívio generoso para o desempenho pífio das placas gráficas integradas da Intel, mas ainda está longe do que pode entregar uma GTX 1050 de 2016, por exemplo. A presença de um SSD de ao menos 256 GB em todos os modelos também auxilia no desempenho, mas é possível configurar uma versão com 1 TB de HD extra.

Asus VivoBook X513 EP (Imagem: divulgação/Asus)

Asus VivoBook X513 EP (Imagem: divulgação/Asus)

Em conexões os modelos são idênticos, com uma USB 3.2 em tipo A e outra em tipo C, duas USB 2.0, uma porta HDMI, entrada para fone de ouvido com microfone e leitor de cartões microSD. A bateria é a mesma, com três células em 42 Wh e a câmera frontal faz vídeos em 720p em qualquer configuração escolhida pelo cliente. O Bluetooth 5.0 e Wi-Fi 5 (802.11ac) também estão presentes nos VivoBook 15.

O modelo mais em conta utiliza Endless OS como sistema operacional, enquanto todas as outras quatro opções de variantes oferecem o Windows 10 Home instalado de fábrica.

Asus VivoBook X513 EP (Imagem: divulgação/Asus)

Asus VivoBook X513 EP (Imagem: divulgação/Asus)

Quando e quanto?

Os novos VivoBook 15 já estão disponíveis na loja da própria Asus, com preços que começam em R$ 7.299 para o X513EP com Endless OS e 256 GB de SSD, sendo quatro opções de configurações superiores e já com Windows 10 e 8 GB de RAM. O segundo modelo é o K513EP e ele utiliza apenas uma configuração com o sistema operacional da Microsoft, 16 GB de RAM e 512 GB de SSD, com valor sugerido de R$ 9 mil.

Asus VivoBook 15 (X513 EP) — ficha técnica

  • Tela: IPS LCD, 15,6 polegadas, Full HD, sensível a toques
  • Processador: Intel Core i7-1165G7
  • GPU: Nvidia GeForce MX330 com 2 GB GDDR5 e Intel UHD
  • RAM: 8 GB 2.400 Mhz em DDR4
  • Armazenamento: 256 GB, 512 GB ou 256 GB + 1 TB HD
  • Bateria: 42 Wh (três células)
  • Conectividade: USB 3.2 (1), USB-C 3.2 (1), USB 2.0 (2), HDMI (1), Wi-Fi 5, Bluetooth 5.0, conexão para fones com microfone
  • Webcam: HD (720p)
  • Sistema operacional: Endless OS ou Windows 10 Home
  • Outros: teclado com retroiluminação LED, caixas de som com assinatura Harman Kardon
  • Dimensões: 359 x 235 x 19,9 mm
  • Peso: 1,8 kg

Asus VivoBook 15 (K513EP) — ficha técnica

  • Tela: IPS LCD, 15,6 polegadas, Full HD, sensível a toques
  • Processador: Intel Core i7-1165G7
  • GPU: Nvidia GeForce MX330 com 2 GB GDDR5 e Intel UHD
  • RAM: 16 GB 2.400 Mhz em DDR4
  • Armazenamento: 512 GB
  • Bateria: 42 Wh (três células)
  • Conectividade: USB 3.2 (1), USB-C 3.2 (1), USB 2.0 (2), HDMI (1), Wi-Fi 5, Bluetooth 5.0, conexão para fones com microfone
  • Webcam: HD (720p)
  • Sistema operacional: Windows 10 Home
  • Outros: teclado com retroiluminação LED, caixas de som com assinatura Harman Kardon
  • Dimensões: 359 x 235 x 17,9 mm
  • Peso: 1,8 kg

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Danílio Costa da Silva (@Daniliocs)

Fogaça, vc fez uma afirmação errônea no texto! Essa gpu Nvidia GeForce MX330 é pior que a Intel Iris Xe (80 CUs) no intel core i7-1165. Nos testes sintéticos do Notebookcheck a Intel Iris Xe é 14% melhor, e nos testes com games é 16% melhor. Fora o desempenho superior, a MX330 é só uma remarcação de MXs anteriores, feita no antigo processo de 16nm e consome até 25W, mais que o pacote inteiro do Intel Core i7-1165!! GPUs dedicadas fracas assim são inúteis, vão podar parte do desempenho do processador, pq dividem o sistema de resfriamento. Seria muito melhor a Asus ter instalado apenas o intel core i7-1165 e aumentado a bateria para uns 65Wh no lugar dessa GPU bosta.

Link do site: NVIDIA GeForce MX330 vs Intel Iris Xe Graphics G7 80EUs (notebookcheck.net)

André Fogaça (@fogaca)

Tá duplicad não, é que os dois são muito parecidos MESMO (muda basicamente a RAM, sistema operacional e opções de SSD.

André Fogaça (@fogaca)

No texto eu não comparo diretamente as duas GPUs, tanto que está no texto “GPU Nvidia GeForce MX 330 com 2 GB de RAM GDDR5 dedicada, que é um alívio generoso para o desempenho pífio das placas gráficas integradas da Intel, mas ainda está longe do que pode entregar uma GTX 1050 de 2016, por exemplo.”

Deixo bem claro que a MX330 tem desempenho muito abaixo da GTX 1050 que já é intermediária pra entrada de 5 anos atrás.

Eu (@Keaton)

Toda vez que tem lançamento de notebook no Brasil é um show de horrores…

Se não é notebook à 7k com intel graphics, é notebook à 9k com MX330 e meros 2 GB GDDR5… que não consegue nem bater a RX550… Até dá para jogar um pouco, mas por 9k? Sério?

Agora é só esperar o dólar=>real melhorar para ver esses produtos encalhados pelo mesmo preço em 2025… pior que podem entubar esse preço absurdo.

Rafael Salgado (@rafasalgado)

Se for pra pagar 9k num PC desses eu prefiro economizar e pegar um Air com M1 (que tu facilmente encontra importando por 8k)

Cat Games - Contato (@Cat_Games_Contato)

Quem sabe um dia… Mas no momento eu ficarei com meu Asus de 5.000 reais, é só para estudos, trabalhos e jogos médios…

Quando eu só estiver trabalhando, aí eu posso considerar comprar esse notebook… Mas no momento, não vejo necessidade…