Início » Aplicativos e Software » Slack libera DMs para outras empresas, mas recua após abusos

Slack libera DMs para outras empresas, mas recua após abusos

Convite para mensagens diretas no Slack estava sendo usado para propagar linguagem indevida na plataforma

Victor Hugo SilvaPor

O Slack começou a permitir o envio de mensagens diretas para pessoas que trabalham em outras empresas. A opção ajuda usuários a agilizar tarefas que dependem de parceiros e clientes, por exemplo. No entanto, ela rapidamente foi usada para enviar mensagens abusivas, o que forçou a plataforma a realizar ajustes.

"<yoastmark

Batizado de Slack Connect DM, o recurso exige autorização para iniciar a conversa com a pessoa de outra empresa. Assim que o convite é aceito, o espaço pode ser utilizado para compartilhar mensagens e arquivos importantes. No anúncio sobre a opção, o Slack destacou que permite uma linha de comunicação mais rápida.

A autorização é solicitada por um convite, que pode contar com uma mensagem rápida. Este espaço serviu para enviar mensagens indevidas para funcionários de outras empresas. No Twitter, um usuário compartilhou exemplos de como a opção estava sendo utilizada para propagar discurso de ódio.

Slack recua após mensagens abusivas

Após relatos sobre mensagens abusivas para funcionários de outras empresas, o Slack afirmou ao The Verge que adotará medidas para evitar que isso aconteça. A plataforma apontou que os usuários contribuíram para destacar que os convites por e-mail poderiam ser usados para propagar conteúdo abusivo:

“Estamos tomando medidas imediatas para evitar esse tipo de abuso, começando hoje com a remoção da opção de personalizar uma mensagem quando um usuário convida alguém para as Slack Connect DMs. Os recursos de segurança do Slack Connect e os controles administrativos robustos são uma parte essencial de seu valor para usuários individuais e suas organizações. Cometemos um erro neste lançamento inicial que é inconsistente com nossos objetivos para o produto e a experiência típica de uso do Slack Connect.”

Até o momento, a plataforma não explicou como vai evitar abusos após convites aparentemente legítimos serem aceitos. O serviço também não tem uma opção para recusar convites repetidos do mesmo e-mail ou para cada usuário desativar o recurso em sua conta.

O Slack Connect DM está disponível a partir desta quarta-feira (24) em contas pagas e será levado em breve aos usuários da versão gratuita. Além das mensagens diretas, o Slack planeja liberar uma forma de empresas se unirem para criar redes unificadas. Com a opção, será possível manter diretórios unificados e compartilhar aplicativos.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando