Início » Finanças » Snoop Dogg e Lionel Richie criarão conteúdo para novo marketplace de NFTs

Snoop Dogg e Lionel Richie criarão conteúdo para novo marketplace de NFTs

Exchange Crypto.com lançará plataforma de NFTs que contará com conteúdo exclusivo de Snoop Dogg, Lionel Richie e outros artistas

Bruno Ignacio Por

A exchange de criptomoedas Crypto.com está lançando um novo marketplace de NFTs para seus 10 milhões de usuários no mundo todo. Nesse projeto, diversos artistas, incluindo Snoop Dogg, Lionel Richie e Boy George, concordaram em produzir tokens não fungíveis exclusivos para a abertura da plataforma.

Snoop Dogg e Lionel Richie vão produzir conteúdo exclusivo para novo marketplace de NFTs (Imagens: MPM e Raph_PH/Flickr)

Snoop Dogg e Lionel Richie vão produzir conteúdo exclusivo para novo marketplace de NFTs (Imagens: MPM e Raph_PH/Flickr)

O novo marketplace para a negociação de NFTs será lançado nesta sexta-feira (26), conforme revelou um comunicado oficial da Crypto.com. A plataforma irá oferecer diversos tipos de tokens não fungíveis, como de esportes, arte e música, e tem a ambição de se tornar um dos maiores marketplaces de tokens não fungíveis do mundo.

Artistas produzirão trabalhos exclusivos para o lançamento

Lionel Richie, um dos músicos mais famosos de todos os tempos, disse no comunicado que está “ansioso” para colaborar com o artista digital Klarens Malluta na produção de NFTs exclusivos para o lançamento do marketplace. Inicialmente, apenas convidados poderão testar a plataforma.

Enquanto isso, o rapper Snoop Dogg já havia demonstrado interesse no mercado de criptoativos através de seu Twitter, sendo um dos responsáveis, junto de Elon Musk, pelo alvoroço gerado em torno do dogecoin (DOGE). Agora, o artista dará efetivamente seu primeiro passo profissional para dentro desse universo ao criar novos trabalhos para a Crypto.com.

Além deles, Boy George, Axel Mansoor, BossLogic, Bag Raiders, Jonathan Managhan, Nathan Evans e Aston Martin são outros artistas, grupos e empresas que fazem parte do projeto.

O músico Boy George comentou sua participação: “A arte digital é uma nova emoção e pode ser muito musical. Estou misturando tudo que eu faço, música, arte, moda, poesia e tudo que é correlato.”

Mercado cultural adere aos NFTs

Essencialmente, a nova plataforma de negociação de tokens não fungíveis da Crypto.com é completamente voltada ao mercado cultural. A arte digital foi um dos primeiros setores no qual a tecnologia NFT se destacou. Sua capacidade de registrar qualquer arquivo em rede blockchain garante a exclusividade e autenticidade de qualquer criação virtual, algo que valorizou exponencialmente as obras digitais.

No começo desse mês, o artista digital Beeple vendeu o NFT mais caro da história. Sua obra “Everydays – First 5000 days” foi leiloada por US$ 69,3 milhões. Com isso, a peça também se tornou a terceira venda mais cara de um artista ainda vivo.

Além das artes visuais, a música rapidamente aderiu aos NFTs. Como uma maneira de valorização de seu trabalho em meio à popularização do streaming, bandas e artistas agora registram faixas, álbuns e muito mais como tokens não fungíveis.

Kings of Leon se tornou o primeiro grupo a lançar um álbum como NFT, com direito a edições exclusivas e limitadas, assentos vitalícios na primeira fila e artes de capa assinadas.

Com informações: Business Insider

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando