Início » Computador » Samsung cria módulo de 512 GB de RAM DDR5

Samsung cria módulo de 512 GB de RAM DDR5

Além de 512 GB de capacidade, novo módulo DDR5 da Samsung tem desempenho de até 7.200 MB/s e tecnologia HKMG

Emerson AlecrimPor

Nesta quinta-feira (25), a Samsung revelou ter criado o primeiro módulo de memória DDR5 com 512 GB do mercado. A novidade consiste em um módulo do tipo DIMM (RDIMM) e tem entre seus diferenciais um material isolante identificado como HKMG que evita vazamento de corrente elétrica.

Módulo DDR5 de 512 GB (imagem: divulgação/Samsung)

Módulo DDR5 de 512 GB (imagem: divulgação/Samsung)

HKMG é a sigla para High-K Metal Gate. A tecnologia já havia sido empregada pela Samsung em módulos GDDR6 para placas de vídeo. Ao levar o material para o novo módulo DDR5, a companhia sinaliza para a possibilidade de o HKMG se tornar padrão em memórias RAM de alto desempenho.

O que o HKMG faz? À medida que os componentes das memórias RAM ficam mais miniaturizados para suportar mais dados, a camada de isolamento feita de silício também fica menor e, consequentemente, perde eficiência na tarefa de evitar fuga de corrente elétrica. O HKMG aparece como um substituto por consistir em uma combinação de metais e outros materiais que atua como um isolante mais estável.

Para chegar ao total de 512 GB de RAM, a Samsung empilhou oito camadas de 16 gigabits em cada chip DRAM do módulo. São 40 chips no total, todos conectados por meio da técnica Through-Silicon-Via (TSV).

Isso faz o módulo ter 640 GB, na verdade. A Samsung não comenta, mas, presumivelmente, a capacidade adicional deve corresponder a uma redundância destinada ao mecanismo para correção de erros da memória (ECC, na sigla em inglês).

Tem mais. A Samsung afirma que, graças ao HKMG e outros aprimoramentos, conseguiu fazer o novo módulo consumir até 13% menos energia (aparentemente, em comparação com as memórias DDR5 já disponíveis no mercado). Além disso, a novidade alcança desempenho de até 7.200 MB/s (megabytes por segundo), o dobro do que memórias DDR4 atingem.

Mas, não, o módulo DDR5 de 512 GB da Samsung não vai ajudar nenhum PC gamer a rodar Crysis. A novidade foi desenvolvida com foco em datacenters, inteligência artificial, aprendizagem de máquina e outras aplicações sofisticadas.

Unidades de teste já estão sendo enviadas pela Samsung a empresas parceiras para avaliação. A companhia espera que o novo módulo já esteja certificado quando servidores baseados em memórias DDR5 ganharem força no mercado.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)

Ah, agora vai dar pra rodar o Chrome sem travar tanto!

João M. (@RonDamon)

E o povo achando que DDR5 iria começar igual DDR4 tudo ruim e pouco madura. A tecnologia mudou muito de 2014 pra cá.

Anderson Antonio Santos Costa (@Anderson_Antonio_San)

512 GB de RAM é uma tecnologia que nós somente precisaremos em 2040 para jogos…
Para PCs domésticos, é raro vermos computadores com 64 ou 128 GB de RAM.

Eu (@Keaton)

Imagina que maravilha, ter de usar duas dessas pra ter dual channel. ou 8 dessas pra um Threadripper futuro com 8 canais de RAM.

Emerson Alecrim (@Alecrim)

Nessas horas a gente depende das informações que a fabricante passa, William. Infelizmente, a Samsung não deu todos os detalhes. No comunicado de imprensa, ela se limitou a informar o desempenho em MB/s e a afirmar que essa medida corresponde ao dobro da performance alcançada com DDR4. Como o produto ainda não é comercial, nem mesmo uma página com especificações completas foi disponibilizada.

Eu (@Keaton)

Mas tu sabe que esses módulos podem ser feitos com menos memória, né?
512GB deve ser mais prova de conceito ou teste de produto. Isso ai deve ser dedicado à grandes servidores.
(Pelo que lembro, o servidor de arquivos do Linus Tech Tips tem 2TB de RAM)