Início » Celular » Xiaomi Mi 11 Ultra terá nova bateria que carrega mais rápido

Xiaomi Mi 11 Ultra terá nova bateria que carrega mais rápido

Tecnologia é semelhante à utilizada em carros elétricos e promete ser mais fina que as baterias de íon-lítio; lançamento será em 29 de março

Ana Marques Por

A Xiaomi está prestes a lançar os smartphones Mi 11 Ultra e Mi 11 Pro, e apesar de alguns rumores já terem circulado na web, ainda há tempo para novas surpresas. A mais recente foi revelada pela própria fabricante em suas redes sociais nesta sexta-feira (26), e diz respeito à nova tecnologia de bateria utilizada pelos celulares, que promete ter carregamento mais rápido e ser mais fina do que os usuais componentes de íon-lítio.

Suposto Mi 11 Ultra (Imagem: Reprodução/Tech Buff PH/YouTube)

Suposto Mi 11 Ultra (Imagem: Reprodução/Tech Buff PH/YouTube)

O Mi 11 Pro e o Mi 11 Ultra são versões mais sofisticadas do Xiaomi Mi 11, lançado em dezembro, e devem ser bastante semelhantes ao “irmão”. Entretanto, segundo o gerente de marketing da empresa, Daniel D, os telefones contarão com esse tipo alternativo de bateria que utiliza um anodo de silício-oxigênio (as chamadas baterias de silício-ar).

A tecnologia foi desenvolvida no final dos anos 2000 no Instituto de Tecnologia de Israel (Technion). De acordo com o que é documentado para esses componentes, tais baterias são mais finais, ocupando menos espaço e deixando os smartphones mais leves. Além disso, permitem que o carregamento seja realizado de forma mais rápida.

A Xiaomi afirma que é uma tecnologia semelhante ao que é visto em carros elétricos.

Mi 11 Ultra terá nova bateria com carregamento mais rápido (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Mi 11 Ultra terá nova bateria com carregamento mais rápido (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O que esperar do Mi 11 Ultra e Mi 11 Pro?

O lançamento do Xiaomi Mi 11 Ultra e do Mi 11 Pro é esperado para a próxima segunda-feira (29), e podem ter tela AMOLED de 6,8 polegadas, além do processador Snapdragon 888.

A versão “Ultra”, a mais avançada, deve contar com até 16 GB de memória RAM e 512 GB de armazenamento, além de trazer uma tela – isso mesmo, um pequeno display – ao lado da câmera traseira, que seria bastante útil para selfies com o sensor principal de 50 megapixels.

Com informações: Android Authority

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)

A pergunta, sempre, é o efeito no longo prazo.
Eu quero saber quanto de longevidade da bateria se está trocando por carregamento mais rápido.