Início » Telecomunicações » Oi Fibra confirma lançamento em SP no segundo trimestre

Oi Fibra confirma lançamento em SP no segundo trimestre

Construção da rede de banda larga marca chegada da Oi para o mercado fixo de SP; tele concorrerá com Vivo, Claro, TIM e locais

Lucas BragaPor

A Oi vendeu seu negócio móvel para Claro, TIM e Vivo, o que resultaria na saída da empresa no mercado paulista para pessoas físicas. No entanto, a operadora acaba de anunciar oficialmente a chegada da internet banda larga Oi Fibra no estado de São Paulo, com lançamento comercial previsto para o segundo trimestre de 2021.

Equipe da Oi construindo rede da Oi Fibra. Foto: Lucas Braga/Tecnoblog

Oi venderá internet fibra óptica em São Paulo (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

O lançamento da Oi Fibra em São Paulo já era aguardado, uma vez que o vice-presidente de clientes da companhia, Bernardo Winick, revelou em outubro que a operadora tinha planos concretos para levar a rede banda larga ao estado. A Oi nunca atuou no mercado paulista para pessoas físicas, mas já atendia clientes corporativos na região.

O cronograma da Oi Fibra em São Paulo foi divulgado pela companhia: no primeiro trimestre de 2021, a operadora executou testes de negócios e fez um lançamento parcial através de um beta; no segundo trimestre está planejado o lançamento comercial para pessoas físicas e jurídicas.

Estratégia de lançamento da Oi Fibra em São Paulo (Imagem: Reprodução)

Estratégia de lançamento da Oi Fibra em São Paulo (Imagem: Reprodução)

Para chegar com a Oi Fibra em São Paulo, a Oi deve aproveitar 5,2 mil quilômetros de rede de fibra óptica no estado. A operadora planeja construir a cobertura em localidades estratégicas, seguindo o modelo do restante do país, e divulga a meta de 400 mil domicílios cobertos com FTTH em 2021, com potencial expansão para 2 milhões de casas passadas em 2022.

Oi Fibra terá concorrência com Claro, Vivo, TIM e locais

A chegada da Oi em São Paulo leva mais um concorrente de peso para as operadoras que já atuam no estado.

De acordo com dados da Anatel, Claro e Vivo respondem juntas por 72,3% de todas as conexões de banda larga em São Paulo. A TIM Live é outro nome popular, mas sua presença é pouco expressiva, com apenas 2,6% do mercado.

A Vivo lidera com folga as conexões com fibra óptica, com 47% de todos os acessos. A TIM aparece depois com 6%, seguido por Americanet (5%) e Claro (4,3%).

No Brasil, a Oi possui 5,1 milhões de clientes de banda larga, mas apenas 2,4 milhões utilizam tecnologia de fibra óptica. A operadora é vice-líder nacional na tecnologia FTTH com 14,3% do mercado, atrás da Vivo, que possui 21,2%.

Como são os planos da Oi Fibra?

Aos possíveis interessados na Oi Fibra, esses são os planos de banda larga comercializados pela operadora:

Velocidade de downloadVelocidade de uploadPreço mensal
200 Mb/s60 Mb/sR$ 99,90 no débito automático
R$ 119,90 no boleto bancário
400 Mb/s200 Mb/sR$ 149,90 no débito automático
R$ 169,90 no boleto bancário

Todos os pacotes incluem uma linha de telefone fixo com ligações ilimitadas para todo o Brasil, inclusive celulares, além de acesso ao Oi Play com Coleção Oi. O plano de 400 Mb/s também inclui o Discovery Kids Plus e o Paramount+.

Os planos acima são comercializados em diversas cidades brasileiras, como Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR). Em algumas regiões, como João Pessoa (PB), a Oi é ainda mais competitiva e vende internet de 500 Mb/s por R$ 99,90 mensais.

Além de comercializar banda larga e telefone fixo, a Oi também vende combos com TV por assinatura com tecnologia IPTV. O plano mais simples, com 126 canais e internet de 200 Mb/s, custa R$ 199,90 por mês.

Na teleconferência de divulgação de resultados, a Oi afirmou que terá a velocidade de 500 Mb/s em São Paulo e que a operadora terá condições de oferecer velocidades maiores. No final de 2020, a Oi informou que testa a velocidade de 1 Gb/s, e o Tecnoblog revelou que o plano gigabit custa até R$ 650 mensais durante o piloto.

Chegada da Oi Fibra em SP marca expansão de rede neutra

A entrada da Oi no mercado fixo de São Paulo carrega outro fator importante: toda a rede de fibra óptica da operadora será propriedade da InfraCo, que atua como rede neutra. Isso significa que a mesma infraestrutura e cobertura da Oi Fibra poderá ser contratada por outras empresas que queiram fornecer serviços na mesma região.

O primeiro acordo da rede neutra da Oi é com a Vero, um pequeno provedor que atua com banda larga fixa em quatro estados brasileiros. A empresa usará a infraestrutura da InfraCo para vender internet nos municípios de Ubá e Sete Lagoas, ambos em Minas Gerais.

Para expandir a rede neutra, a Oi busca um sócio para a InfraCo. Uma negociação está sendo feita com o BTG Pactual em conjunto com a empresa de cabos submarinos Globenet, e o leilão deve ser realizado pela Justiça Empresarial no segundo trimestre de 2021.

Atualizado às 13h02

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@RODRIGO

Parabéns a Oi Fibra por chegar em São Paulo! Concorrência a mais sempre será bom!

Schmidt (@Schmidt)

A Oi não conseguiu expandir de forma abrangente a cobertura de fibra nem na área de concessão, onde milhares de clientes ainda estão no cobre, aí inventam de inaugurar Oi fibra em SP, uma região que não tem demanda reprimida. Vai entender…

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Alguém aqui tem internet da Vero? acho que estão cabeando a minha cidade, vi uma caixa de passagem deles, queria saber da qualidade dela.

O que vejo da Oi é passar rede em lugares de alta densidade populacional e/ou baixa concorrência, não faz sentido pra Oi gastar Kms de fibra em uma pequena cidade do interior onde provavelmente o backbone nem daria conta das altas velocidades oferecidas.

Schmidt (@Schmidt)

Mas não estão passando fibra nem onde a densidade é alta e com alta renda.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

E não tem outras empresas com fibra nesse lugar? a Oi tem backbone com capacidade para vender altas velocidade nesse lugar?
Como disse na noticia, estão reaproveitando backbones que a Oi já tem, o foco é sempre passar onde pode atender o maior numero de clientes possível com o menor investimento, só quando a Oi terminar de aproveitar as suas rede ociosas que deve pensar em outros lugares.

Schmidt (@Schmidt)

Aqui tenho as três grandes (Oi, Vivo e Claro) com serviço via cabo de cobre. Nenhuma fibra.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

E nenhum provedor regional FTTH?

Schmidt (@Schmidt)

Também não. Sei que alguns provedores regionais atendem mais pro interior do município onde as grandes não chegam. Aqui na área mais central nunca vi cabo de provedor regional.

Cláudio Coutinho (@Claudio_Coutinho)

amigo isso já foi explicado, a Oi está dando prioridade nos locais onde ela entraria conseguiria uma taxa de adesão maior (cidades onde tem considerável população com poucos provedores tanto teles quanto isps e nas capitais indo na periferia primeiro onde os assinante tem “apenas” internet ante ao bairros nobres onde os assinantes tem pacotes de movel + canais + internet… está certíssima a estratégia da Oi está indo pelas “beiradas” somando o máximo possível de hc´s para depois expandir nos bairros mais nobres , provavelmente quando chegar nos bairros nobres ela passará a oferecer internet de quinta geração XGSPON e Wifi6 que está sendo regulamentada!!!

Shieru (@Shieru)

SP tem sim demanda por internet de alta velocidade. Muitos bairros só tem 1 Mega, 2 Mega, 4 Mega e não passa disso. Inviável para os dias de hoje onde muitas coisas dentro de casa dependem de uma conexão à internet para funcionar. Fora o trabalho em casa, estudar em casa. Bairros mais pro Centro sim, tem opções pra escolher, fora dessa área, tem muita área pedindo por internet de alta qualidade.

imhotep (@imhotep)

“Pisar” em São Paulo, capital, é necessidade.
Por mais q exista demanda reprimida (até mesmo no rico interior de SP, Sul de MG e Triângulo, Centro- Oeste e sua fronteira agro, etc.), entrar na maior cidade do país é algo q deveria acontecer mais cedo ou mais tarde, mesmo q comece tímida e não faça frente à Vivo e Claro no início.
É claro q tem demanda e muita no Nordeste e alguns locais no Norte, mas a Oi tem (tinha) muito lugar sucateado também espalhado por aí. Falo pq já trabalhei na Oi, cadastrando todo o patrimônio da empresa Brasil afora. Tem equipamentos e imóveis q a empresa nem sabia q tinha e q custo gerava para ela, só pra vcs terem ideia.
E sempre ficamos pensando o porquê nunca a Oi ter entrado no mercado de SP (na época era claro, por causa da concessão).

Vinicius Leandro (@Vinicius_Leandro)

Confesso que estou bem ansioso para o lançamento da OI fibra aqui em SP, sou da ZL o sinal de internet aqui é horrível. nenhuma operadora consegue um bom sinal aqui, aí vc acaba pagando caro por uma internet lenta. para vocês terem ideia uso a internet banda larga da TIM de 60MB, como o sinal aqui é horrível não chega nem na metade da velocidade, e não é configuração de roteador canais etc… Já fiz de tudo e realmente é o sinal fora que muitas vezes a conexão é interrompida por manutenções na rede.
OBS: essa minha internet não é fibra é a cabo, até tentei achar alguma empresa que ofereça fibra aqui na região na época que contratei a TIM, mas sem sucesso.

Shieru (@Shieru)

Também estou ansioso, quero assinar. Mas a Oi não lançou nada sobre o serviço no site ainda. Divulgou que vai chegar, mas não abre espaço para interessados no serviço. Me ajuda a te ajudar Oi kkkk

Shieru (@Shieru)

Isso na versão São Paulo do site? Quando entro lá, ele até começa a carregar a página com a propaganda da Oi Fibra, depois muda para a Internet Móvel. Só consigo ver a Oi Fibra se mudar para outro estado. Se eles pretendem lançar o serviço esse mês ainda ou em Maio, Junho, já deveriam deixar um aviso lá e um cadastro para interessados.