Início » Saúde » Nova York lança passaporte de vacina baseado em blockchain

Nova York lança passaporte de vacina baseado em blockchain

Excelsior Pass é aplicativo de Nova York para liberar acesso a locais somente para quem recebeu vacina contra COVID-19

Victor Hugo SilvaPor

À medida que as campanhas de vacinação contra COVID-19 avançam, governos trabalham em medidas para liberar acesso a certos locais apenas para quem já se imunizou. O estado de Nova York, por exemplo, lançou uma espécie de passaporte de vacinação. Baseada em blockchain, a solução diz se a pessoa já foi vacinada ou se testou negativo recentemente.

Excelsior Pass indica se pessoa já recebeu vacina (Imagem: Divulgação/Governo de Nova York)

Excelsior Pass indica se pessoa já recebeu vacina (Imagem: Divulgação/Governo de Nova York)

O Excelsior Pass, como foi chamado, é um aplicativo que exibe um QR Code com dados de moradores de Nova York – também é possível apresentar o código o em versão impressa. Os estabelecimentos têm outro aplicativo para escanear o QR Code e verificar se a pessoa foi vacinada contra COVID-19.

O passaporte de vacina de Nova York utiliza o Digital Health Pass, solução da IBM baseada em blockchain para auxiliar no retorno de pessoas a locais de grande circulação. O modelo descentralizado foi escolhido para garantir que informações pessoais não sejam acessadas pela empresa, nem por locais que vão analisar os códigos.

Para usar o Excelsior Pass, é preciso inserir nome, data de nascimento e endereço, além de responder perguntas para confirmar a identidade. A partir daí, o perfil recebe dados do registro de vacinas. Em caso de testes em laboratórios autorizados, o app também aponta resultados negativos, que valem por 72 horas para testes PCR e por 6 horas para testes de antígeno.

Lojas usam outro app pasa analisar QR Code do Excelsior Pass (Imagem: Divulgação/Governo de Nova York)

Lojas usam outro app pasa analisar QR Code do Excelsior Pass (Imagem: Divulgação/Governo de Nova York)

O uso do app pelos estabelecimentos não é obrigatório, mas os que optarem pela solução recebem benefícios como a ampliação do limite de pessoas em seus espaços. Para estimular a verificação via QR Code, o governo de Nova York oferece o Excelsior Pass como uma solução gratuita depois de um acordo de US$ 2,5 milhões com a IBM.

Passaporte de vacinação contra COVID-19

A ideia é que o Excelsior Pass ajude na reabertura de estabelecimentos no estado. O app já foi testado para liberar o acesso de torcedores a uma partida do Buffalo Bills, time de futebol americano do estado de Nova York. A experiência foi considerada satisfatória e levou o governo a levar a solução para mais locais.

O Brasil também tem uma proposta para criar um documento que libere o acesso a alguns espaços somente para quem recebeu a vacina contra COVID-19. Um projeto de lei na Câmara dos Deputados quer substituir o Atestado de Vacinação impresso pelo Passaporte Digital de Imunização. A matéria está no início da tramitação e aguarda a aprovação para ser analisada em regime de urgência.

Com informações: USA Today.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@doorspaulo

O mundo tá insano…

Bruno (@Unknown)

Fascismo do bem.