Início » Jogos » PUBG Lite será descontinuado no fim de abril

PUBG Lite será descontinuado no fim de abril

Suporte ao PUBG Lite vai acabar no dia 29 de abril; já não é mais possível fazer novos downloads do jogo

Murilo Tunholi Por

A PUBG Corporation anunciou que o suporte ao PUBG Lite vai acabar em 29 de abril. A partir de hoje (31) já não é mais possível baixar o game ou comprar a moeda virtual L-COIN. Quem tem o jogo instalado ainda pode entrar em partidas e comprar itens até o final do período com o dinheiro que ainda tem na conta. A empresa não informou o motivo do desligamento.

Como baixar PUBG Lite [Requisitos Mínimos] / Reprodução / Felipe VInha

PUBG Lite (Imagem: Reprodução/Felipe Vinha)

PUBG Lite é uma versão grátis e mais simples de PlayerUnknown’s Battlegronds, um dos primeiros jogos Battle Royale que ajudou a popularizar o gênero. O game era capaz de rodar em computadores sem placa de vídeo e celulares básicos.

A versão lite foi lançada em 2019 para smartphones e PCs com o objetivo de permitir que mais usuários pudessem aproveitar o game, mesmo em dispositivos com especificações mais fracas.

A publicadora do jogo, Krafton, não explicou por que o PUBG Lite vai acabar. Em um comunicado no site do game, há apenas os dias e horários que marcam o fim do serviço, além de um pedido de desculpas.

Suporte ao jogador de PUBG Lite vai acabar em maio

A Krafton divulgou as datas para o fim das atividades de PUBG Lite. As ações começam em 30 de março e seguem até 29 de maio. Confira, a seguir, o cronograma completo de término:

  • 30 de março: o site de PUBG Lite será desativado e novos downloads não estarão mais disponíveis;
  • 29 de abril: término do serviço às 2h da madrugada (horário de Brasília)
  • 29 de maio: serviço de suporte ao jogador de PUBG Lite não estará mais disponível.

Com informações: The Verge, PUBG.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gustavo Guerra (@GustavoGuerra)

PUBG poderia estar com o sucesso que o Free Fire tem nos dias de hoje, mas o game que fez o gênero battle royal deslanchar acabou se atrapalhando e perdendo o público e liderança.

Diferente de seu concorrente mais famoso, Fortnite, que é unificado e roda em diversas plataformas, parece que a produtora de PUBG não conseguiu lidar bem com o sucesso do game e se adaptar para melhora-lo e lançar em novas plataformas.

Nisso surgiu a versão Lite que além de ser mais otimizada e grátis, era feito por uma produtora terceirizada. Com o sucesso desse game, e a despencada do original, creio que o estúdio criador cancelou a parceria afim de abocanhar novamente os ganhos com a venda do game e de seus itens.

Pode parecer só minha impressão, mas acredito que PUBG já está nas últimas, algo parecido com que ocorreu com a Kodak.