Início » Gadgets » Espanhol morre depois de seguir instruções do GPS e chegar no lugar errado

Espanhol morre depois de seguir instruções do GPS e chegar no lugar errado

Avatar Por
9 anos atrás

A tecnologia está aí para nos ajudar, solucionar problemas que nós não sabíamos que existiam e nos fazer gastar mais do que podemos. Mas em alguns momentos infelizes ela pode ser o causa mortis, quando tudo aparentemente dá errado. Que o diga o fundador da empresa Segway, fabricante do veículo de mesmo nome. Mas dessa foi o GPS, tão útil nos dias de hoje, que resultou em uma morte.

Dois espanhóis estavam voltando para casa, depois de participarem de uma feira, no sábado que passou (02/outubro). Eles seguiam as instruções do GPS veicular, pois estava de noite. E foi aí que, enganados pelas informações presentes no aparelho, os homens chegaram a um lugar inesperado: um reservatório de água que, naturalmente, estava cheio.

Não deu tempo de frear o veículo, que entrou com tudo dentro do reservatório e imediatamente começou a afundar. Um dos homens, de 36 anos, conseguiu escapar do Peugeot 306 que já estava submerso. O outro homem, de 37 anos e que dirigia o veículo, não teve a mesma sorte.

O corpo do homem foi encontrado somente no dia seguinte, depois que equipes de resgate iniciaram as buscas.

Aparentemente os homens entraram numa estrada que já havia sido desativada, mas ainda constava dos dados do GPS. Uma vez ali, não foi possível detectar que havia um reservatório de água à frente, ainda mais por ser tarde da noite.

Essa não vai ser a primeira nem a última vez que motoristas vão se dar mal depois de seguir cegamente as instruções do GPS. Não é por acaso que o Google Maps, serviço de mapas do Google, faz questão de colocar o seguinte aviso em suas páginas. Depois não adianta reclamar.

"Essas indicações são apenas para fins de planejamento. Obras, trânsito intenso, clima ou outros fatores podem fazer com que as condições sejam diferentes dos resultados no mapa, por isso, é preciso planejar o seu trajeto levando tudo isso em conta. Obedeça todos os sinais ou avisos que aparecerem no seu trajeto."

Com informações: Telegraph.

Mais sobre: , , ,