Início » Finanças » NFTs de arte digital feitas por The Weeknd faturam US$ 2 milhões

NFTs de arte digital feitas por The Weeknd faturam US$ 2 milhões

The Weeknd lança sua primeira coleção de arte digital em NFT e fatura mais de US$ 2 milhões; metade do dinheiro será doado

Bruno IgnacioPor

O cantor canadense Abel Makkonen Tesfaye, mais conhecido como The Weeknd, lançou neste último final de semana sua primeira coleção de NFTs. Os tokens não fungíveis são artes digitais que foram à venda no marketplace Niffy Gateway e arrecadaram no total mais de US$ 2 milhões.

NFT "Remnant 001", de The Weeknd (Imagem: Reprodução/Niffy Gateway)

NFT “Remnant 001”, de The Weeknd (Imagem: Reprodução/Niffy Gateway)

Coleção oferece 8 obras em NFT

Chamada de The Acephalous, a coleção artística é composta por oito peças: três produções audiovisuais, quatro imagens estáticas e uma peça única com uma música original nunca lançada do artista.

Três vídeos entraram no Niffy Gateway por tempo limitado e com preço fixo. Chamados de Artifact 001, 002 e 003, as peças foram vendidas respectivamente por US$ 333, US$ 777 e US$ 1.111. Elas não tiveram o número de edições pré-definido, quem conseguiu comprá-las criou o seu próprio token.

Já as quatro imagens estáticas foram vendidas em dois lotes. Duas delas, os Remnant 001 e 003, tiveram 500 edições disponíveis pelo preço fixo de US$ 100. As outras duas, Remnant 002 e 004 foram a leilão silencioso, modalidade no qual os lances são invisíveis e os maiores levarão uma quantidade pré-estabelecida de edições do token.

Porém, o carro-chefe da coleção se chama The Source, um NFT de edição única que oferece um vídeo de um pouco mais de 3 minutos com uma música original e nunca lançada de The Weeknd. A peça foi a leilão e o lance vencedor foi de US$ 490 mil. No total, a coleção faturou mais de US$ 2 milhões.

O conceito por trás da série de obras digitais

A coleção é um trabalho conjunto de The Weeknd com o estúdio Strangeloop, de Los Angeles. A colaboração teve como conceito central imagens de cabeças flutuantes. Segundo o descritivo na plataforma, as figuras fazem referência “à governança descentralizada de comunidades no blockchain, enquanto o rosto decapitado apresentado nas peças é separado da fonte de seu valor inicial.”

Artisticamente falando, a inspiração por trás das obras vieram dos estilos neo-futuristas e de narrativas literárias distópicas ao representar formas orgânicas vistas em um espaço digital. The Weeknd primeiro lançou um teaser da coleção no mês passado em suas redes sociais, dizendo que ele estava “buscando maneiras de inovar” para seus fãs e de “mudar essa indústria arcaica da música”.

Após o fechamento das vendas e dos leilões, o artista anunciou em sua conta no Instagram que doará US$ 1 milhão do faturamento para combater a fome na Etiópia através do Programa Mundial de Comida da ONU.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando