Início » Internet » Facebook coloca aviso de sátira em posts no feed de notícias

Facebook coloca aviso de sátira em posts no feed de notícias

Por conta de testes do Facebook, algumas páginas terão um rótulo para explicar que o conteúdo é humorístico

Victor Hugo Silva Por

O Facebook quer evitar que páginas de humor sejam levadas a sério por usuários. Para isso, a rede social passou a testar um aviso de sátira em posts que se parecem com notícias, mas não são. A ideia é evitar que os conteúdos sejam interpretados como declarações de figuras públicas ou de veículos de notícias, por exemplo.

Facebook testa aviso em páginas de sátira (Imagem: Divulgação)

Facebook testa aviso em páginas de sátira (Imagem: Divulgação)

Com a mudança, os posts do feed passarão a exibir, abaixo do título, um rótulo para dar mais contexto sobre a página. O Facebook anunciou a mudança na quarta-feira (7) e indicou que fará testes nos Estados Unidos. Além das páginas de sátira, os rótulos poderão ser aplicados às páginas de políticos e fã clubes.

Ao selecionar um aviso, os usuários recebem uma explicação detalhada da rede social. No caso de páginas de sátira, a plataforma indica que elas podem ter posts muito parecidos com os de figuras públicas e veículos de notícias. A rede social também aponta que os administradores podem rotular suas páginas como humorísticas para evitar a confusão.

Facebook quer evitar mal ententidos

Segundo o Facebook, o objetivo dos rótulos é fazer os usuários entenderem melhor quem é o autor de determinada publicação. A expectativa é de que a medida torne menos comuns os casos em que usuários não conhecem páginas como a do Sensacionalista e interpretam o conteúdo como uma notícia verídica.

Esta é mais uma tentativa do Facebook para evitar mal entendidos em sua plataforma. Em junho de 2020, a rede social passou a exibir avisos em páginas de veículos de notícias que são parcial ou completamente controlados por governos. Na ocasião, a empresa considerou que os usuários devem saber se as notícias que eles recebem podem ter alguma influência governamental.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diogo Nóbrega (@diogoan)

@victorhugo Tem um erro no último subtítulo da matéria. Lá diz que o “Facebook quer mal entendidos”, acho que o certo seria “Facebook quer evitar mal entendidos”.

Fábio Valentim (@maitabom)

O povo desaprendeu a fazer interpretação de texto, que não sabe diferenciar a sátira, da ironia, da verdade e o Zuckeberg teve que apelar pra isso…