Início » Negócios » Samsung prepara TVs OLED com painéis da LG Display

Samsung prepara TVs OLED com painéis da LG Display

Atualmente a LG já fabrica telas OLED para suas próprias TVs e também entrega para concorrentes como Sony, Philips e Sharp

Por

Se por um lado a LG não se deu bem tentando vender seus celulares, na fabricação de telas OLED a empresa vai bem ao ponto de receber uma cliente conterrânea para novas TVs: a Samsung. Se os boatos realmente forem verdadeiros, a marca pode lançar novamente televisores com este tipo de display após muitos anos apostando em outras tecnologias.

TV 8K Samsung Q800T (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

TV 8K Samsung Q800T (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Nas TVs o mercado fica basicamente dividido entre a Samsung entregando LCDs de vários tipos, como as competentes QLEDs, enquanto a LG aposta muitas de suas fichas nas OLEDs. Cada uma tem suas vantagens e desvantagens, mas na média a qualidade de exibição para cores e contraste são maiores em televisores com diodos orgânicos – com o preço no burn-in. Este cenário é tão comum, que rumores recentes apontam para uma parceria sendo firmada dentro da LG, para entregar telas OLED para a Samsung criar suas próprias TVs.

Se confirmado, o acordo pode fazer a Samsung deixar de ser praticamente a única grande fabricante de televisores que não conta com modelos OLED em seu portfólio – mesmo com AMOLED na maior parte dos smartphones vendidos pela mesma marca.

Samsung vai aumentar capacidade fabril de OLED da LG

Segundo o rumor, a Samsung está finalizando os detalhes para comprar um milhão de painéis OLED da LG até o final do segundo semestre deste ano. Já em 2022 a empresa receberá outros quatro milhões. Só a segunda parte do pedido já deve significar uma demanda 50% maior que a atual fabricação deste componente nas plantas da LG – resta saber se é possível aumentar a capacidade fabril.

Neste momento, a LG já é uma das maiores fabricantes de painéis OLED no planeta, entregando o componente até mesmo para empresas concorrentes. A lista inclui seus próprios televisores, junto de modelos da Vizio, Sony, Philips, Sharp, Huawei, Panasonic, HiSense, Bang & Olufsen e Toshiba.

Em março do ano passado a Samsung chegou a anunciar o fim da produção de telas LCD, fabricadas em quatro locais da marca espalhados por Coreia do Sul e China. Pouco tempo depois, em dezembro de 2020, a empresa asiática voltou atrás e seguiu com sua linha de montagem por tempo indeterminado – dependendo apenas da demanda apresentada pelo mercado.

Um grande responsável pela decisão mais recente é o COVID-19, já que a Samsung viu a demanda por este tipo de tela subir em 30% no terceiro trimestre de 2020, quando comparado aos três meses anteriores. Com a parceria firmada com a concorrente LG, estes planos podem ter mudado mais uma vez.

Existe um rumor apontando o lançamento de um novo tipo de televisor da Samsung, com tecnologia chamada QD-OLED e que trará um painel OLED com os pontos quânticos das TVs QLED, chegando ao mercado no último trimestre deste ano. A provável promessa encaixa na entrega dos painéis da LG neste segundo semestre, seguindo para 2022 com mais unidades.

Com informações: SamMobile e Engadget.