Início » Gadgets » Spotify Car Thing, player inteligente para carros, é oficial

Spotify Car Thing, player inteligente para carros, é oficial

O Car Thing do Spotify é basicamente um controle remoto para funções que exigem conexão com o app instalado no smartphone

André Fogaça Por

Depois de um número considerável de rumores, o Spotify finalmente anunciou o Car Thing, que pode ser traduzido como “o negócio para o carro”. O produto utiliza uma pequena tela para dar acesso ao serviço de streaming de músicas e podcasts, desenhado para veículos sem central de entretenimento compatível com o CarPlay da Apple ou então o Android Auto para do Google.

Spotify Car Thing (Imagem: divulgação/Spotify)

Spotify Car Thing (Imagem: divulgação/Spotify)

O produto é pequeno, muito provavelmente menor que quase qualquer smartphone lançado recentemente. O tal Car Thing do Spotify aceita comandos por voz, com o uso da frase “Hey Spotify”. Para escutar melhor o motorista ou qualquer outra pessoa no carro, existem quatro microfones na parte superior, equipados com tecnologia de isolamento para os ruídos, como o do motor ou das rodas.

Outras duas formas de controle incluem a tela de quatro polegadas e uma espécie de seletor, que me lembra bastante o mesmo tipo de controle presente nos aparelhos de som para carros de antigamente.

O Spotify deixa clara a intenção de não concorrer com sistemas de entretenimento presentes nos veículos mais recentes, especialmente para aqueles que aceitam o Apple CarPlay e o Android Auto, já que nestes sistemas o app para o serviço de streaming está presente e funciona muito bem.

Spotify Car Thing (Imagem: divulgação/Spotify)

Spotify Car Thing (Imagem: divulgação/Spotify)

O Car Thing é limitado e quase redundante

O Car Thing do Spotify precisa da conexão provida por um smartphone e a conversa entre as duas pontas acontece por Bluetooth. Por enquanto apenas o conteúdo via streaming é reproduzido e o áudio não sai do próprio gadget, mas sim do sistema de som do carro.

Neste ponto o usuário pode utilizar um cabo auxiliar para levar o áudio até as caixas de som, ou então fazer o Bluetooth do smartphone enviar as músicas. Desta forma o Car Thing funciona basicamente como um controle remoto do que toca a partir do celular.

Mesmo com uma tela de quatro polegadas sensível ao toque, o Car Thing funciona exclusivamente para as músicas e podcasts do Spotify. Não existe qualquer possibilidade de enviar informações do GPS para ele, seja por um Google Maps, Waze ou Apple Maps da vida. Este limitador pode ser ainda pior para a empresa, já que se você colocar seu celular em um apoio no mesmo lugar do novo gadget e rodar as músicas por ele, pode utilizar o Google Assistente ou a Siri para fazer a mesma coisa.

Outro limitador está na própria reprodução da música: neste momento o Car Thing não acessa canções baixadas no smartphone, ele apenas toca via streaming. Isso significa dificuldade para continuar a cantoria em viagens para locais mais remotos, junto do aumento no consumo do plano de dados.

O Spotify deve ter esse mercado curioso em mente, já que não está vendendo o Car Thing da forma tradicional, mas sim entregando para alguns assinantes do streaming e que moram nos Estados Unidos – quem quiser ter o produto só precisa pagar o frete.

Eu sinceramente não vejo público para esse produto.

Com informações: Spotify e The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)

Em resumo, a solução perfeita para um problema inexistente.

Júlio Tenório (@JulioTenorio)

Eu achando que ia ser uma solução até legal para usar em um carro mais antigo, mas é só uma tela que espelha o celular, nem isso né, pq é só o Spotify. Sinceramente, também não consigo enxergar público para isso.

Matt (@hadtohear)

Fracasso na certa

Eduardo Papa (@EduPapa)

Perderam a chance de fazer algo para quem tem carro antigo. Criar tipo um CarPlay/Android Auto de fácil acesso. Colocaria ali no suporte, conectado ao celular via Wi-Fi (fazendo tether) e vida que segue, mas não, lançam um produto pra fazer streaming de áudio