Início » Finanças » Nubank usa reconhecimento facial para liberar Pix de alto valor

Nubank usa reconhecimento facial para liberar Pix de alto valor

Transferências de alto valor via Pix requerem biometria facial no app do Nubank para evitar fraudes; veja como funciona

Felipe Ventura Por

O Nubank enviou um e-mail para seus clientes divulgando que é possível definir limites máximos para Pix, conforme regra do Banco Central. Além disso, as transferências instantâneas de alto valor deverão ser confirmadas por reconhecimento facial, com o objetivo de combater fraudes.

Ajuste de limite no aplicativo do Nubank (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Ajuste de limite no aplicativo do Nubank (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Em comunicado ao Tecnoblog, o Nubank explica que “disponibilizou uma funcionalidade de segurança para transações Pix, que faz a validação automática do usuário por meio de reconhecimento facial”.

Segundo a fintech, a ferramenta antifraude já está disponível para todos os clientes que fizerem operações Pix de alto valor, tanto no iPhone como no Android. “Essa camada de proteção adicional garante que só o cliente Nubank possa realizar as transações, de forma segura”, afirma a empresa.

Na maioria dos casos, o app vai liberar transações via Pix apenas mediante a senha de 4 dígitos do cartão. A biometria facial será exigida apenas quando a transferência envolver uma quantidade substancial de dinheiro – especialmente se isso ultrapassar o limite máximo diário. O valor específico varia de acordo com o cliente.

Como funciona reconhecimento facial para Pix no Nubank

O reconhecimento facial não é o mesmo usado para desbloqueio do celular, tal como o Face ID: trata-se de um fluxo próprio dentro do app, feito através de uma ferramenta da empresa americana FaceTec, que não exige instalação adicional.

Funciona assim: suponha que você possui um limite diário de R$ 500 para fazer Pix, mas decide realizar uma transferência de R$ 1 mil. Quando você tentar fazer isso, vai se deparar com este aviso: “antes de continuar, precisamos confirmar sua identidade”. O app pede que você retire máscara e óculos escuros para a biometria facial; as informações serão analisadas para então liberar a transação de alto valor.

O reconhecimento é relativamente simples: você enquadra seu rosto na área demarcada pelo app, olhando para a frente, e então aproxima o celular do rosto. Eu fiz o teste e minha identidade foi verificada de forma quase instantânea.

Reconhecimento facial no app do Nubank (Imagem: Reprodução)

Reconhecimento facial no app do Nubank (Imagem: Reprodução)

Como ajustar limite diário de Pix no Nubank

No e-mail aos clientes, o Nubank também menciona a funcionalidade Meu Limite Pix. É possível acessá-la seguindo estes passos:

  1. abra o app para iPhone ou Android e, na parte inferior, toque em Pix;
  2. digite a senha de 4 dígitos do cartão;
  3. insira o valor máximo diário para transferências com Pix;
  4. toque em Ajustar limite, insira novamente a senha do cartão, e pronto.

A fintech lembra que “transações consideradas suspeitas serão bloqueadas, mesmo dentro do limite diário”. Além disso, se você configurar um valor muito alto, isso pode ser negado; nesse caso, é possível definir um limite mais baixo e tentar novamente.

Desde 1º de abril de 2021, as instituições financeiras que participam do Pix devem oferecer uma forma de ajustar o limite diário para transações. Os usuários também podem usar a agenda de contatos para enviar dinheiro a quem cadastrou o número de celular como chave Pix.

Ajustando o limite diário de Pix no Nubank (Imagem: Reprodução)

Ajustando o limite diário de Pix no Nubank (Imagem: Reprodução)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando