Início » Negócios » Feira de tecnologia IFA 2021 promete versão presencial em setembro

Feira de tecnologia IFA 2021 promete versão presencial em setembro

A organização da IFA marcada para este ano diz ter mais de 80% do espaço físico do evento já reservado para os expositores

André Fogaça Por

A organização responsável por montar a feira IFA, em Berlim, na Alemanha, divulgou nesta quinta-feira (15) que o evento marcado para acontecer neste ano será presencial. Além de trazer as pessoas para dentro dos pavilhões do centro de convenções Messe Berlin, o objetivo está focado em manter a escala de visitantes e expositores de anos anteriores da pandemia.

IFA (Imagem: divulgação/IFA)

IFA (Imagem: divulgação/IFA)

A decisão tomada para voltar o evento ao que era antes da pandemia é ainda mais audaciosa que o passo da MWC em Barcelona. A GSMA, organização responsável pela feira focada em tecnologias móveis, remarcou a agenda de fevereiro para o final de junho, mas pelo menos prometeu adotar medidas rígidas para prevenir o contágio pelo novo coronavírus. O lado alemão não priorizou este segundo ponto, ao menos não disse isso no comunicado oficial.

Marcada para acontecer entre os dias 3 e 7 de setembro deste ano, a IFA já conta com grande parte do seu espaço reservado para os estandes das marcas e empresas. “Com o mundo em vias de emergir da pandemia, os organizadores estão vendo um grande interesse das marcas, fabricantes e varejistas de todos os setores da indústria, que querem vir a Berlim e ver os produtos e inovações em ação novamente”, diz o comunicado.

“A IFA Berlin 2021 acontecerá de 3 a 7 de setembro. Alguns segmentos de exibição estão demonstrando níveis de interesse sem precedentes e já reservaram mais de 80% [do espaço físico]”, complementa. Com esse argumento, a organização afirma que a edição deste ano do evento será do mesmo tamanho de outros anos, sem qualquer redução – ou seja, corredores serão apertados e isso também vale para o espaço entre os estandes.

Preocupação da IFA com saúde passa longe

O comunicado sobre o formato da IFA deste ano só toca no assunto de saúde em seu sexto parágrafo, mas explica alguma coisa só no sétimo. “Saúde pública e segurança são prioridades principais para os organizadores da IFA Berlin 2021. Eles estão em contato constante com as autoridades de saúde pública no desenvolvimento de conceitos que vão garantir a segurança dos visitantes e expositores”, diz a nota oficial sem explicar quais conceitos são esses.

Para Jens Heithecker, diretor executivo da IFA e vice-presidente executivo do centro de convenções Messe Berlin, o progresso da vacinação em vários países, junto dos resultados colhidos pelos lockdowns, formam a segurança necessária para o evento acontecer como antes.

A última edição completamente física da IFA aconteceu em setembro de 2019, com a presença de 238,7 mil visitantes, 1.930 parceiros da indústria e 5.360 jornalistas, todo esse público chegando de 130 países diferentes. No ano passado a organização criou uma versão especial da feira, com algumas restrições.

Em 2020 os números ficaram em 145,9 mil visitantes espalhados entre pessoas que realmente estavam na feira e outras presentes apenas nas atividades online. Ao todo participaram 1.570 parceiros da indústria, mas enquanto estes dois dados caíram, o número de jornalistas dobrou e alcançou a marca de 10.750 membros da imprensa.

Com informações: IFA.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando