Início » Aplicativos e Software » Chrome Memories, do Google, traz nova interface para histórico da web

Chrome Memories, do Google, traz nova interface para histórico da web

Google Chrome Canary 92 traz opção para ativar o Chrome Memories, nova interface para visualizar o histórico do navegador

Bruno Gall De BlasiPor

O Google está trabalhando em uma nova interface para conferir o histórico do Google Chrome. Conhecido como Chrome Memories, o recurso traz um design renovado para visualizar as páginas da web acessadas e as buscas feitas pelo browser. Por ora, a novidade encontra-se disponível somente na versão experimental do navegador.

Google Chrome em um MacBook (Imagem: Caio/Pexels)

Google Chrome em um MacBook (Imagem: Caio/Pexels)

O Memories deu as caras no Google Chrome Canary 92. Ao ativá-lo pelo Chrome Flags, o usuário conta com uma alternativa para ter acesso às páginas acessadas ao longo do tempo, através do endereço “chrome://memories”. O histórico “tradicional”, vale lembrar, não é desativado ao habilitar o novo recurso.

A interface remodelada traz um pouco mais de organização. Os sites, por exemplo, são condensados em “tópicos”. Após expandi-los, é possível ver uma lista com as páginas da web acessadas no respectivo domínio. O botão com três pontinhos que surge ao lado do título da página, para abrir o menu, ainda não funciona.

Há, também, uma outra seção conhecida como “Tente pesquisar por” (em tradução livre). Nela, é possível visualizar as buscas feitas no navegador. Ao clicar em uma das opções, o usuário é encaminhado a uma pesquisa através do mecanismo de busca escolhido nas configurações do Chrome, como Google, Bing, DuckDuckGo e mais.

Mais acima, ao lado da inscrição “Memories”, o usuário conta com uma caixa de busca. Basta clicar no elemento e digitar o termo desejado. Imediatamente, o navegador vai retornar atividades relacionadas ao que foi pesquisado, incluindo as buscas na web.

Chrome Memories (esquerda) e o histórico "tradicional" (direita) lado a lado (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Chrome Memories (esquerda) e o histórico “tradicional” (direita) lado a lado (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Mesmo assim, nem todos os recursos estão completamente funcionais. Além do menu com opções correspondentes às páginas da web acessadas, como citado anteriormente, há algumas falhas envolvendo ícones. Em alguns momentos, os títulos dos sites também ultrapassam as margens da área onde fica o histórico.

Segundo a descrição do recurso no Chrome Flags, o Memories está disponível para Android, Chrome OS, Linux, macOS e Windows. Não há previsão de lançamento da nova ferramenta para visualizar o histórico na versão estável do Google Chrome.

Opção no Chrome Flags para ativar o Memories (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Opção no Chrome Flags para ativar o Memories (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Como ativar o Google Chrome Memories?

O Chrome Memories ainda está em desenvolvimento, mas já é possível habilitá-lo no Google Chrome Canary, caso queira experimentá-lo. Em testes realizados na manhã desta terça-feira (20), eu consegui habilitar o recurso na versão 92.0.4483.0 do navegador no macOS Big Sur (11.2.3). Saiba como a seguir:

  1. Atualize o Google Chrome, caso exista alguma versão mais recente;
  2. Digite “chrome://flags” na barra de endereços e pressione Enter;
  3. Procure por “Memories”;
  4. Troque de “Default” para “Enabled”.

Para finalizar a ativação do recurso, é só reiniciar o navegador, e acessar a ferramenta em “chrome://memories”. Caso queira restaurar as configurações originais, basta reverter o procedimento realizado anteriormente.

Com informações: 9to5Google e ArsTechnica

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando