Início » Finanças » Doge Day tenta levar dogecoin a US$ 1, mas preço da moeda cai

Doge Day tenta levar dogecoin a US$ 1, mas preço da moeda cai

Apoiadores do dogecoin (DOGE) promovem "Doge Day" nesta terça-feira para fazer criptomoeda atingir US$ 1, mas preço cai 15%

Bruno Ignacio Por

O cada vez mais popular dogecoin (DOGE), criptomoeda baseada em um meme, já acumula uma valorização semanal de mais de 400%. Agora, seus fãs querem fazer a moeda digital atingir US$ 1 nesta terça-feira (20) em um movimento nas redes sociais chamado de “Doge Day”. Porém, parece não ter funcionado e seu preço caiu cerca de 15% nas últimas 24 horas.

Apoiadores do dogecoin promovem "Doge Day" para fazer criptomoeda atingir novos recordes (Imagem: Reprodução Twitter)

Apoiadores do dogecoin promovem “Doge Day” para fazer criptomoeda atingir novos recordes (Imagem: Reprodução/Twitter)

A data de hoje foi escolhida por um motivo bem específico. No calendário americano, 04/20 coincide com a hora associada a fumar cannabis. As hashtags #DogeDay e #Doge420 entraram para os Trending Topics no Twitter nesta terça-feira e diversos memes foram criados para a ocasião.

Doge Day faz criptomoeda cair

Incrivelmente, o Doge Day causou um efeito negativo no preço da criptomoeda. O dogecoin abriu o dia sendo negociado por cerca de US$ 0,40. Inicialmente, o movimento conseguiu causar uma pequena e súbita valorização de 5% na madrugada de hoje. Porém, o DOGE não para de despencar desde então, atingindo o valor mínimo de US$ 0,31 nesta tarde, de acordo com o índice CoinDesk.

Preço do dogecoin caiu cerca de 15% nas últimas 24 horas (Imagem: Reprodução/CoinDesk)

Preço do dogecoin caiu cerca de 15% nas últimas 24 horas (Imagem: Reprodução/CoinDesk)

O objetivo do Doge Day era fazer o dogecoin cruzar o preço de US$ 1, mas para isso a comunidade deveria provocar uma valorização superior a 100%. Seu recorde atual é de US$ 0,45, atingido na semana passada, quando a criptomoeda foi impulsionada pela entrada da exchange Coinbase na bolsa de valores Nasdaq e pelo endosso do CEO da Tesla, Elon Musk.

Movimento não é organizado

Alguns evangelistas do dogecoin acreditavam que o Doge Day poderia reproduzir o movimento organizado por comunidades no Reddit no final de janeiro, que levou a uma onda de compras da criptomoeda e causou uma valorização de 1.500% no preço do DOGE em apenas alguns dias.

Porém, o Doge Day passa longe de ser organizado. Os resultados obtidos até então mostram que as hashtags funcionaram mais como um evento cômico e repleto de memes do que algo efetivamente sério. A maioria dos traders de dogecoin optaram por vender a criptomoeda nesta terça-feira após o aumento de preço.

Dogecoin acumula alta de mais de 8.000% em 2021

O dogecoin abriu o primeiro dia do ano valendo apenas US$ 0,0046. Desde então, a criptomoeda baseada no meme de um cachorro Shiba Inu subiu mais de 8.000%, de acordo com dados do CoinMarketCap. Seu valor de mercado já superou os US$ 50 bilhões, colocando a moeda digital como a quinta mais valiosa do mundo.

DOGE também oferece alto risco

A criptomoeda é considerada uma alternativa de investimento nada convencional que pode oferecer ganhos absurdos no curto prazo, porém conta com um risco enorme. Diferente do bitcoin (BTC), ether (ETH) e outras das maiores moedas digitais do mercado, o dogecoin não é sustentado por investimentos institucionais, fazendo com que seu preço seja muito mais instável.

Outro fator a se considerar antes de se investir em dogecoin é que seu protocolo não impõe limite para a quantidade de moedas existentes. Dessa maneira, sua oferta é essencialmente infinita, fazendo com que seu preço seja impossível de prever.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando