Início » Aplicativos e Software » Apple Podcasts ganha assinaturas para conteúdo extra e acesso antecipado

Apple Podcasts ganha assinaturas para conteúdo extra e acesso antecipado

As assinaturas dentro do próprio Apple Podcasts serão mensais e o programa será lançado em 170 países e regiões do mundo

André Fogaça Por

A Apple anunciou nesta terça-feira (20) a chegada de seu primeiro serviço de assinatura para o Podcasts, com a promessa de entregar conteúdos extras para os ouvintes pagantes dos programas que oferecem essa possibilidade. Os pagamentos começam a aparecer para quem escuta a partir do mês que vem e o valor pode ser deduzido a cada mês, criando assim uma alternativa interessante para outras plataformas de apoio, como o Patreon.

Apple Podcasts com assinatura (Imagem: divulgação/Apple)

Apple Podcasts com assinatura (Imagem: divulgação/Apple)

O rumor de programas com ajuda financeira já circulava pela indústria faz algum tempo, principalmente após o crescimento dos podcasts nos últimos anos – sim, estou falando do avanço do Spotify. Agora, 15 anos depois da Apple ter criado sua plataforma para este tipo de conteúdo, a empresa da maçã anuncia que se os criadores de podcasts decidirem que uma ferramenta de apoio financeiro é interessante, eles podem tirar proveito dela dentro do próprio serviço.

A ideia me lembra bastante o que o Google começou a fazer com os membros para canais do YouTube, já que pagamentos e recompensas acontecem dentro do mesmo local em ambos os casos. No lado do Apple Podcasts, o serviço lista algumas vantagens para os ouvintes assinantes, como possibilidade de escutar o programa sem publicidade, receber conteúdo adicional como um episódio extra e exclusivo ou então acesso antecipado para algum lançamento.

Para o lado do programa, o valor da assinatura será repassado ao podcaster com uma taxa de 30%, mesmo valor cobrado dentro da App Store. O pedágio é reduzido para 15% a partir do primeiro ano de vida. Já para o ouvinte disposto a pagar o valor, a cobrança é feita por padrão em pagamentos mensais e é deduzida de sua Apple ID – permitindo a adição de valores a partir de cartões pré-pagos para este fim, como já acontece com a compra de aplicativos.

Este pagamento por podcast pode ser compartilhado em uma conta familiar da Apple, distribuindo os benefícios para até seis membros da mesma família.

A assinatura de podcasts pode ser feita a partir de maio deste ano, com a possibilidade de uma espécie de experimentação do conteúdo ofertado, antes do pagamento. Procurada pelo Tecnoblog, a Apple do Brasil não confirmou e nem negou o lançamento das assinaturas no Brasil, junto de outros 170 países e regiões que receberão a novidade já no mês que vem.

Aplicativo Apple Podcasts recebe nova interface

Além de poder pagar para receber conteúdo extra ou sem publicidade, o usuário do Apple Podcasts que utiliza o aplicativo no iOS e iPadOS 14.5 ou então no macOS 11.3, notará uma interface renovada para a plataforma. A maior mudança está em uma espécie de canal com destaque para episódios com possibilidade de assinatura, junto de arte específica para juntar estes podcasts.

A página para cada episódio também recebeu melhorias visuais e o programa poderá contar com um botão inteligente para que os ouvintes acompanhem seu último episódio, ou então o primeiro para episódios listados dentro de uma única série. Eles poderão ser baixados para escutar sem a necessidade de conexão com a internet.

Com informações: Apple.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando