Início » Negócios » Discord desiste de negociar venda com Microsoft

Discord desiste de negociar venda com Microsoft

Discord poderia ser vendido para a Microsoft por mais de US$ 10 bilhões, mas aparentemente as negociações foram encerradas

Ana Marques Por

Rumores recentes indicavam que a Microsoft poderia comprar o Discord já em abril por mais de US$ 10 bilhões. No entanto, as negociações parecerem ter sido encerradas – a informação foi publicada nesta terça-feira (20) pelo Wall Street Journal.

Discord (Imagem: Toshiyuki IMAI/Flickr)

Discord (Imagem: Toshiyuki IMAI/Flickr)

O jornal afirma que o serviço não está mais negociando com a Big Tech e pelo menos mais três outras empresas, e deve permanecer independente, ao menos por enquanto, devido aos seus bons resultados.

O Discord faz parte de um segmento que “explodiu” durante a pandemia, o de aplicativos que oferecem ferramentas para videoconferência e trabalho remoto. No entanto, também é muito utilizado por comunidades de jogos. No mês passado, o serviço anunciou seu clone para o Clubhouse, seguindo o movimento de empresas como Facebook e Twitter.

O app tem cerca de 140 milhões de usuários mensais ativos e gerou US$ 130 milhões em 2020, contra US$ 45 milhões do ano anterior. Apesar do crescimento, o Discord ainda não é lucrativo. Segundo a Bloomberg, outros pretendentes para o Discord seriam a Amazon e a Epic Games.

IPO é uma possibilidade para o Discord

Ainda de acordo com o WSJ, é possível que o Discord faça uma oferta pública inicial, mas isso ainda não foi confirmado. Segundo fontes anônimas ouvidas pelo jornal , a companhia pode voltar a negociar com a Microsoft no futuro.

Com informações: WSJ e Bloomberg

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gustavo Guerra (@GustavoGuerra)

Olha, sinceramente não sei se a notícia foi boa ou ruim, mas talvez caminhar sozinho e tentar levantar fundos via IPO seja uma boa idéia.

Como a matéria diz, outras empresas também tem interesse no mensageiro, talvez a Amazon seja uma casa boa para o Discord ficar, ganhando mais integração com games, Prime e streamers da Twitch que já usam o app.

Gustavo Cardoso (@Gustavo_Cardoso)

Com o perdão do trocadilho, eu discordo! Já tive um recurso solicitado por mim implementado no Microsoft Teams durante a pandemia! Você deve estar se referindo à Microsoft do Steve Balmer… ou a Microsoft do Bill Gates… pois, essa Microsoft do Satya Nadella escuta e executa as sugestões dos usuários. Só procurar: https://microsoftteams.uservoice.com/