Início » Aplicativos e Software » O que é JSON? [Guia para Iniciantes]

O que é JSON? [Guia para Iniciantes]

Saiba o que é JSON, um modelo de representação de informações muito utilizado na troca de dados entre aplicações web

Diego Melo Por

JSON é um padrão de formatação de dados para troca de informações entre sistemas. A palavra é um acrônimo de JavaScript Object Notation, mas, apesar de ter a linguagem de programação no nome, seu uso não se restringe apenas à ela. Saiba mais sobre JSON, como funciona e suas principais utilidades neste guia para iniciantes.

Como usar o GitHub / Christopher Gower / Unsplash

JSON é utilizado para troca de informações pela web (Imagem: Cristopher Gower / Unsplash)

O que é JSON?

JSON é um formato de arquivo de texto leve, compacto, no qual os dados são guardados no formato de par nome/valor, o qual também pode representar outras estruturas de dados, como arrays e objetos.

Foi criado no início dos anos 2000 como uma alternativa ao XML, que também tem o objetivo de facilitar a troca de informações entre sistemas de uma maneira auto-descritiva, ou seja, que seja legível tanto por seres humanos quanto por máquinas.

Apesar de possuir uma referência ao JavaScript no nome, o funcionamento do JSON é independente de uma linguagem de programação, podendo ser lido, criado e manipulado por várias linguagens modernas como PHP, Python, C++, entre outras.

Como funciona?

A representação das informações em um arquivo JSON é feita por pares compostos de atributo e valor. O atributo é indicado entre aspas e serve para identificar o valor. Já o valor pode ser uma string (texto), um número, um booleano (valor lógico), outro par de atributo/valor ou estruturas mais complexas, como arrays (coleção de elementos) e objetos. Os pares são separados por vírgulas, e as chaves delimitam os objetos.

Abaixo você confere um exemplo de algumas informações de contato estruturadas no formato JSON.

{
“nome”: “Diego Melo”,
“funcao”: “Redator”,
“salario”: 10000,
“editorias”: [“TB Responde”, “News”, “Reviews”]
}

Vantagens e principais usos

Atualmente, o JSON é praticamente o formato padrão para troca de informações entre sistemas web, principalmente entre aqueles que funcionam via APIs. Combinando as duas tecnologias, é possível fazer com que um aplicativo para celular e um para a web consumam os mesmos dados, por exemplo.

Apesar de ser um formato utilizado na serialização de dados para transmissão pela internet, o JSON também tem sido amplamente utilizado como uma “linguagem de configuração”, no qual são guardados paramêtros e outras opções para configurar ou personalizar programas e aplicativos, seja no desktop, mobile ou servidores.

Com informações: W3Schools

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando