Início » Aplicativos e Software » Popcorn Time, alvo de processo judicial, prepara retorno após sair do ar

Popcorn Time, alvo de processo judicial, prepara retorno após sair do ar

Conhecido por oferecer filmes e séries gratuitamente, Popcorn Time está sendo processado por estúdios cinematográficos

Victor Hugo Silva Por

O Popcorn Time, serviço de streaming de torrents, planeja voltar ao ar depois de ser processado por um grupo de estúdios cinematográficos devido a pirataria. Também conhecido como popcorntime.app, o programa está com o site indisponível desde março. Agora, os desenvolvedores preparam um retorno da ferramenta.

Popcorn Time (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Popcorn Time (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Segundo o TorrentFreak, a informação de que o retorno do Popcorn Time está sendo planejado partiu de um dos desenvolvedores do serviço. A equipe do programa confirmou a alegação e prometeu passar mais detalhes em breve. No entanto, ainda não há detalhes sobre como e quando a ferramenta voltará a ser oferecida.

O site do Popcorn Time saiu do ar em março, mês em que foi processado por estúdios cinematográficos. Porém, os desenvolvedores explicam que a página não foi derrubada por conta da ação judicial, e sim por problemas internos com a conta do Cloudflare, que oferece serviços de CDN (Rede de Entrega de Conteúdo) para acelerar o carregamento de sites.

Antes de sair do ar, o site do programa levava usuários para uma página que sugeria o encerramento do serviço. Caso ele volta a ficar disponível, os estúdios poderão tentar adotar novas medidas por meio da disputa judicial, em que acusam o programa de praticar uma violação massiva de direitos autorais.

Versões do Popcorn Time

Apesar de permanecer com o mesmo nome, o Popcorn passou por algumas mudanças nos últimos anos. Por ser um cliente torrent de código aberto, ele permite que outros desenvolvedores criem suas próprias versões. Foi o que aconteceu a partir de 2014, quando o serviço foi retirado do GitHub e descontinuado por seus fundadores ainda em fase beta.

Em 2015, surgiu uma versão baseada na original e conhecida como popcorntime.io. Ela foi rapidamente derrubada e, em seguida, substituída pelo popcorntime.io – hoje batizada como popcorntime.app. É esta a versão que está sendo processada junto com empresas como a Wicked Technology, dona da plataforma de VPN usada pelo serviço, e a Voxility, responsável pela hospedagem.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando