Início » Celular » Comparativo: Moto G30 ou Moto G10; qual é a diferença?

Comparativo: Moto G30 ou Moto G10; qual é a diferença?

Celulares Motorola trazem Android 11, bateria de 5.000 mAh e câmera quádrupla; saiba o que muda entre o Moto G30 e o Moto G10

Ana MarquesPor

A Motorola anunciou o lançamento do Moto G30 e do Moto G10 no Brasil em março de 2021. Os celulares fazem parte do portfólio de smartphones intermediários da empresa e renovam a nomenclatura da linha Moto G, a mais popular da marca. Em comum, os telefones têm a bateria de 5.000 mAh, tela HD+ de 6,5 polegadas e quatro lentes na parte traseira. Mas há diferenças entre os modelos: o sensor principal para fotos e a câmera frontal, o processador, o armazenamento, o preço e mais alguns detalhes.

Veja a seguir um comparativo de ficha técnica e recursos entre o Moto G30 e o Moto G10, e entenda como os celulares se diferenciam antes de decidir qual deles é o melhor para o seu dia a dia.

Moto G30 vs Moto G10 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Moto G30 vs Moto G10 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Ficha técnica – Moto G30 vs Moto G10

Motorola Moto G30Motorola Moto G10
LançamentoMarço de 2021Março de 2021
Preço de lançamentoR$ 1.899R$ 1.699
TelaIPS LCD de 6,5 polegadas, HD+, taxa de atualização de 90 HzIPS LCD de 6,5 polegadas, HD+, taxa de atualização de 60 Hz (padrão)
ProcessadorSnapdragon 662 (octa-core de até 2 GHz)Snapdragon 460 (octa-core de até 1,8 GHz)
Memória RAM4 GB4 GB
Armazenamento128 GB (expansível via microSD de até 1 TB)64 GB (expansível via microSD de até 1 TB)
Câmera traseiraQuádrupla: 64 MP (f/1,7) + 8 MP (f/2,2) ultrawide) + 2 MP (f/2,4) macro + 2 MP (f/2,4) profundidadeQuádrupla: 48 MP (f/1,7) + 8 MP (f/2,2) + 2 MP (f/2,4) macro + 2 MP (f/2,4) profundidade
Câmera frontal13 MP8 MP
Sistema operacional de fábricaAndroid 11Android 11
Bateria5.000 mAh (carregamento rápido TurboPower de 20 watts)5.000 mAh (carregamento rápido de 10 watts)
Dimensões e peso165,3 × 75,8 × 9,2 mm; 200 gramas165,3 × 75,8 × 9,2 mm; 200 gramas
CoresDark prism e White lilacBranco e cinza

Tela e design

Moto G30 tem display de 90 Hz

Ambos os modelos deste comparativo contam com tela de mesmo tamanho e resolução: 6,5 polegadas HD+. Os painéis também usam a mesma tecnologia IPS LCD, porém diferem na taxa de atualização, que é de 90 Hz no Moto G30 e de 60 Hz no Moto G10.

Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Na prática, isso dá vantagem para o Moto G30. Apesar de ter uma resolução que fica atrás de alguns concorrentes, como o Galaxy M31, o celular compensa em parte a experiência audiovisual com esse recurso, já que proporciona uma sensação de maior fluidez gráfica, o que é bom especialmente para jogos, mas também faz certa diferença no uso comum, ao visualizar a interface do sistema.

Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

No corpo, os aparelhos são bastante semelhantes – eles têm até as mesmas dimensões e peso. A diferença fica por conta do acabamento: enquanto o Moto G30 tem traseira lisa, com efeito prisma para um degradê de cores, o Moto G10 apresenta uma carcaça com efeito de textura ondulada na parte de trás, que passa uma sensação de robustez, o que pode não agradar a alguns os usuários que preferem um visual mais elegante.

Os dois telefones têm sensor de digitais na parte de trás e entrada P2 (3,5 mm) para fones de ouvido. Na lateral, além dos botões Power e de volume, há um novo botão para o Google Assistente. Seu posicionamento, porém, pode confundir os usuários no começo, devido à proximidade dele às demais teclas.

Motorola Moto G10 (Imagem: Divulgação/Motorola)

Motorola Moto G10 (Imagem: Divulgação/Motorola)

O Moto G30 está disponível nas cores Dark Prism e White Lilac, enquanto o Moto G10 tem versões em branco e cinza.

Hardware, sistema operacional e bateria

Moto G30 promete o melhor desempenho

Como era de se esperar, o Moto G30 é o modelo mais avançado entre os dois celulares analisados. Ele conta com um processador Snapdragon 662, superior ao Snapdragon 460 do Moto G10, mas eles usam a mesma GPU, a Adreno 610.

No quesito memória RAM, fica tudo igual: 4 GB para ambos os lados. Entretanto, o armazenamento muda: 64 GB para o Moto G10 e 128 GB para o Moto G30. Os dois são compatíveis com cartão microSD para expansão de memória em até 1 TB.

Android 11 de fábrica

O Moto G30 e o Moto G10 já saem de fábrica com o Android 11, a mais recente versão estável do sistema operacional do Google disponível durante o lançamento dos telefones. Cabe lembrar que a Motorola utiliza uma interface com poucas modificações, entregando experiência mais próxima à do Android “puro”.

A fabricante promete promete correções de segurança trimestrais por dois anos para o Moto G10, sem garantia para um update de versão do sistema. Já o Moto G30 terá, ao menos, atualização para o Android 12.

Software do Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Software do Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Bateria para dois dias

Tanto o Moto G30 quanto o Moto G10 contam com a mesma capacidade de bateria: 5.000 mAh, que promete até dois dias longe das tomadas. De fato, com uso moderado, é possível chegar lá sem grandes problemas.

O Moto G10 permite carregamento rápido de apenas 10 watts, enquanto o Moto G30 traz o carregamento TurboPower de 20 watts para encher o tanque mais rápido.

Para fins de comparação, nós testamos o Moto G30 e constatamos que o telefone demora cerca de 2h30min para completar a carga, partindo do zero.

Carregador do Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Carregador do Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Câmeras

Moto G30 tem sensor principal de 64 megapixels

Ambos os smartphones têm câmera quádrupla traseira, mas o sensor principal é diferente: 64 MP no Moto G30 e 48 MP no Moto G10. Os dois usam a tecnologia Quad Pixel para agrupar quatro pixels em um, aumentando a sensibilidade à luz e produzindo fotos melhores em locais com iluminação deficiente. Como o sensor do Moto G30 tem mais pixels, a imagem final acaba ficando maior, e pode oferecer ainda mais detalhes se comparado ao Moto G10. Ainda assim, os resultados à noite não são os melhores na categoria.

As demais lentes e sensores são iguais: há uma ultrawide de 8 MP que faz um trabalho “ok” durante o dia, mas não se sai bem em fotos noturnas, uma macro de apenas 2 MP (resolução baixa demais que não traz resultados convincentes) e um sensor de profundidade também com 2 MP, para o modo retrato.

As selfies com o Moto G30 tendem a ser melhores com a câmera de 13 megapixels. O André Fogaça chegou a testá-la, e os resultados são bons para o segmento, como você pode ver abaixo. Já o Moto G10 traz apenas 8 MP na câmera frontal, e pode pecar um pouco ao entregar retratos altamente definidos.

Preço e custo-benefício

Afinal, quem leva a melhor: Moto G30 ou Moto G10?

Lançado por R$ 1.699 no site oficial da Motorola, o Moto G10 já é encontrado por a partir de R$ 1.450 no varejo nacional. O Moto G30, por sua vez, foi apresentado por R$ 1.899, e na data de publicação deste comparativo custava em média R$ 1.700.

Com uma diferença de preço de aproximadamente R$ 300, vale considerar quais são as suas reais necessidades. Quem precisa quer um desempenho mais decente para jogos mobile – ainda que nada muito surpreendente –, e maior espaço interno para salvar arquivos, deverá optar pelo Moto G30. O modelo também é a opção indicada para quem busca selfies melhores para postar em redes sociais, e a garantia de ao menos mais uma versão do Android é algo a se considerar.

Já o Moto G10 é a opção para quem está atrás de um intermediário mais básico, mas com boa duração de bateria. O modelo dá conta das tarefas básicas do dia a dia sem problemas, mas pode sofrer com engasgos em apps mais exigentes.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando