Início » Celular » Com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube

Com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube

Quantidade de audiência: será a única métrica? Saiba com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube

Leandro KovacsPor

O volume de canais disponíveis no YouTube só aumenta e a plataforma está de olho em quem será monetizado ou não. Veja abaixo, com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube. O que importa para a plataforma são somente números? Eles são importantes, mas ao longo do texto vamos apresentar todas as métricas utilizadas pelo YouTube para decidir quem será monetizado ou não.

Com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube (Imagem: YouTube/Divulgação))

Com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube (Imagem: YouTube/Divulgação)

Políticas de monetização

É fundamental que o canal siga as políticas de monetização do YouTube. Elas incluem as políticas do programa Google AdSense, as diretrizes da comunidade, os Termos de Serviço e as políticas de direitos autorais do YouTube. Sem isso, nada de monetização para o canal, não importando o número de inscritos ou tamanho do canal.

Com quantos inscritos um canal vai monetizar no YouTube?

As políticas são mais importantes que o volume do público, ao desrespeitar as regras, o canal será proibido de monetizar. Contudo, existem números mínimos para estar apto a cada modelo de monetização disponível no YouTube. 

Volume para ingressar no Programa de monetização

Antes de mais nada é preciso ser aceito no Programa de Parcerias do YouTube, que tem regras específicas para solicitar a entrada do canal.

  • Ser residente em um país ou região onde o Programa de Parcerias do YouTube está disponível;
  • Ter mais de 4 mil horas de exibição públicas válidas nos últimos 12 meses;
  • Ter mais de mil inscritos;
  • Ter uma conta do Google AdSense vinculada.
Com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube (Imagem: Austin Distel/Unsplash)

Respeito as políticas é mais importante que número de audiência (Imagem: Austin Distel/Unsplash)

Modelos de monetização do YouTube

Para todos os casos é necessário ser maior de 18 anos, ou ter um responsável para receber seus ganhos no AdSense. Quando a inscrição do canal no Programa de Parcerias do YouTube for aceita, poderá acessar os seguintes recursos de monetização:

Modelo de monetizaçãoRequisitos
Receita de anúnciosCriar conteúdo que atenda às diretrizes de conteúdo adequado para publicidade
Clubes dos canaisTer mais de mil inscritos (1.000)
Estante de produtos do canalTer mais de 10 mil inscritos
Super Chat e Super StickersSer residente em um país/região onde o Super Chat está disponível
Receita do YouTube PremiumCriar conteúdo que é assistido por espectadores assinantes do YouTube Premium

O que é verificado no Programa de Parcerias do YouTube?

Os revisores se concentram no conteúdo que melhor representa a atividade do canal em relação às políticas do YouTube. Como não é possível analisar todos os vídeos, o foco dos revisores fica em:

  • Tema principal;
  • Vídeos mais assistidos;
  • Vídeos mais recentes;
  • Maior proporção de tempo de exibição;
  • Metadados dos vídeos (incluindo títulos, miniaturas e descrições).
Com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube (Imagem: YouTube/Divulgação)

Programa de Parcerias do YouTube é o primeiro passo (Imagem: YouTube/Divulgação)

Diretrizes da comunidade YouTube

Todos os usuários do YouTube precisam seguir as diretrizes da comunidade. Criadores de conteúdo que geram receita devem saber que as diretrizes não se aplicam apenas a vídeos específicos, mas ao canal como um todo. O que é observado nesse quesito:

  • Spam, práticas enganosas e golpes;
  • Nudez e conteúdo sexual;
  • Segurança infantil;
  • Conteúdo perigoso ou nocivo;
  • Discurso de ódio;
  • Assédio e bullying virtual.

Diretrizes Google AdSense

Depois das regras da comunidade, sem dúvida, o que mais impede monetização de vídeos no YouTube é o AdSense. O Google AdSense possibilita o pagamento dos vídeos monetizados aos parceiros do YouTube, mas tem regras bem rígidas de qualidade para isso. 

Outro ponto é que o YouTube não permite comportamento ofensivo que cause impacto negativo em larga escala na comunidade. O objetivo dessa política é que o criador respeite os espectadores, colegas criadores e anunciantes da plataforma, dentro e fora do YouTube.

O mais importante é entender que não importa com quantos inscritos um canal começa a ganhar dinheiro no YouTube, antes disso, o candidato precisa saber se seu conteúdo atende a todas as expectativas da plataforma para monetização. Boa sorte.

Com informação: Google 1, 2, 3, 4.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando