Início » Finanças » O que é TIR? [Taxa Interna de Retorno]

O que é TIR? [Taxa Interna de Retorno]

Analisando riscos; saiba o que é TIR ou Taxa Interna de Retorno e como essa ferramenta ajuda nas decisões contábeis

Leandro Kovacs Por

O Payback, o VPL ou Valor Presente Líquido ou a TIR (Taxa Interna de Retorno), são ferramentas de análise para identificar se investimentos são viáveis ou irão gerar lucro. Veja abaixo, o que é TIR e como a métrica pode ser útil para os pequenos investidores calcularem a possibilidade de lucro de uma iniciativa planejada. Agora, a eficiência chega para todos os investidores, com o uso do que antes era ferramenta do setor de contabilidade.

O que é TIR, Taxa Interna de Retorno (Imagem: Adeolu Eletu/Unsplash)

O que é TIR, Taxa Interna de Retorno (Imagem: Adeolu Eletu/Unsplash)

O que é TIR?

A TIR, ou Taxa Interna de Retorno, é um método utilizado para a análise de investimentos. Sua definição é a taxa de desconto que iguala o VPL ou Valor Presente Líquido, a zero. Seu cálculo age fazendo com que todas as entradas de capital tornem-se iguais a todas as aplicações.

Resumindo, ela complementa a análise de VPL e reflete os rendimentos reais gerados por um investimento em um espaço de tempo. Sua funcionalidade é complementar, sendo uma “irmã” da VPL, pois a comparação de seus valores é feita em relação ao TMA, Taxa Mínima de Atratividade, presente no cálculo do Valor Presente Líquido.

Como analisar

O critério utilizado para a aceitação ou não de um investimento passa a ser: caso a TIR seja maior que a taxa de retorno desejada, o investimento é lucrativo. Caso contrário, o investimento é considerado inviável, e deve ser abandonado.

O que é TIR, Taxa Interna de Retorno (Imagem: Scott Graham/Unsplash)

A análise do resultado da TIR é mais simples que a VPL (Imagem: Scott Graham/Unsplash)

Vantagem TIR sobre VPL

A TIR tem como maior vantagem possibilitar a comparação de investimentos de diferentes tipos e de levar em conta o prazo total e a escala individual. A TIR tem o caráter relativo, com seus resultados em porcentagem, não em valores absolutos, como o VPL.

Desvantagens da TIR

A TIR não é calculada de forma manual, pois a solução envolve equações polinomiais. Não possui fórmula exata para ser encontrada de forma direta, mas permite que o valor seja encontrado pelo método de tentativa e erro, ou pelo uso de softwares e algoritmos computacionais. Até em calculadoras financeiras, o método é baseado em tentativas e ajustes.

Como calcular a TIR

Excel

O cálculo da TIR no Excel é feito adicionando todos os fluxos de caixa de um investimento, com o valor inicial investido sendo negativo e todo o retorno em ter investido neste projeto.

A TIR é obtida quando digitamos em uma linha em branco “=TIR” selecionando os espaços onde se encontram as entradas e saídas de dinheiro do investimento.

O que é TIR, Taxa Interna de Retorno (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Exemplo de cálculo do TIR no Excel (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Calculadora financeira HP 12c

Para o cálculo se utilizam as funções de cor azul da calculadora quando acionada a tecla “g” e as funções de cor laranja acionando o botão “f” para o cálculo da TIR onde está escrito “IRR”.

Além disso, deve-se deixar o valor inicial de investimento em negativo, já que representa uma saída de dinheiro. Deve-se selecionar este valor e pressionar a tecla “CHS”.

O que é TIR, Taxa Interna de Retorno (Imagem: HP/Divulgação)

A HP 12c é a calculadora financeira mais usada (Imagem: HP/Divulgação)

  1. Digitar o investimento inicial → CHS → g → CFo;
  2. Digitar cada valor do fluxo de caixa → g → CFj;
  3. Se algum fluxo de caixa se repete, basta selecionar a quantidade dessa repetição → g → Nj;
  4. Ao final descobrimos o valor da TIR pressionando f → IRR.

Com informação: Dicionário Financeiro, Capital Research.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando