Início » Telecomunicações » Hyundai fecha parceria com Vivo e lança novo HB20 conectado

Hyundai fecha parceria com Vivo e lança novo HB20 conectado

HB20 é lançado com plataforma Bluelink e usa sinal da Vivo; Hyundai cobra R$ 29,90 por mês para manter carro conectado

Lucas Braga Por

A Hyundai anunciou uma parceria com a Vivo para levar conectividade aos veículos. A plataforma Bluelink chegou na linha HB20 de 2022 e “e permite que o proprietário saiba a localização do carro em tempo real, além de funções como dar partida ou controlar o ar condicionado à distância. A novidade acontece logo após a Stellantis lançar uma nova Fiat Toro com 4G da TIM.

Novo HB20 2022 tem Bluelink com sinal de internet da Vivo (Imagem: Reprodução/Hyundai)

Novo HB20 2022 tem Bluelink com sinal de internet da Vivo (Imagem: Reprodução/Hyundai)

Um diferencial do Bluelink é que ele estará disponível no HB20, que é o veículo mais barato da montadora coreana. A Hyundai afirma que priorizou o modelo de entrada para “democratizar” a tecnologia do carro conectado, que conta com um chip virtual eSIM IoT paara conexão à rede da Vivo.

Bluelink usa rede da Vivo e tem serviços inteligentes

A conexão de dados traz funções inteligentes para o HB20 equipado com Bluelink. Por meio de um aplicativo no celular, é possível dar a partida remota no veículo, bem como controlar o ar condicionado, abrir e fechar janelas, acionar o pisca-alerta e disparar o alarme.

App para smartphone permite controlar carro à distância (Imagem: Reprodução/Hyundai)

App para smartphone permite controlar carro à distância (Imagem: Reprodução/Hyundai)

A montadora destaca a localização em tempo real do veículo, e, em caso de furto ou roubo, a central poderá compartilhar as informações com as autoridades policiais. A equipe da Hyundai pode, inclusive, bloquear o veículo para novas partidas caso o motor seja desligado durante um sinistro.

Em caso de emergência, o condutor pode utilizar o botão de SOS que fica localizado no retrovisor interno do veículo, e a central da Hyundai passa a ter acesso à localização exata para coordenar o resgate. Em caso de colisão com acionamento de airbags, a notificação é feita de forma automática.

Retrovisor interno do HB20 tem botão SOS (Imagem: Reprodução/Hyundai)

Retrovisor interno do HB20 tem botão SOS (Imagem: Reprodução/Hyundai)

Além do auxílio contra furto, roubo ou acidentes, a localização permite que o proprietário estabeleça uma cerca virtual no mapa: caso o veículo saia do perímetro, um alerta chegará ao smartphone do proprietário. Ainda há o Modo Valet, que permite estabelecer a distância a ser percorrida, velocidade máxima e bloqueio das funções do painel multimídia.

A Hyundai ainda destaca que o Bluelink envia um alerta ao smartphone do proprietário caso haja alguma detecção de falha, e é possível consultar relatórios mensais sobre o estilo de dirigir do motorista.

Hyundai cobra R$ 29,90 por mês para manter carro conectado

O Bluelink estará disponível para a linha HB20 2022, que chega nas concessionárias a partir desta segunda-feira (26). Algumas versões já contam com o sistema conectado de série, e em outras é oferecido como item opcional:

Versão Bluelink
HB20 Evolution 1.0 MT (hatch ou sedã)
HB20X Evolution 1.6 AT
Não possui
Vendido como opcional por R$ 1.500
HB20 Sport TGDI 1.0 AT
HB20 Diamond TGDI 1.0 AT
HB20S Diamond TGDI 1.0 AT
HB20X Diamond 1.6 AT
HB20X Diamond Plus 1.6 AT
Possui, como item de série

Para manter o Bluelink funcionando, é necessário pagar a mensalidade de R$ 29,90, mas o serviço é gratuito pelos primeiros seis meses de uso. As funções conectadas funcionam apenas em território nacional, sem qualquer suporte a roaming internacional caso o proprietário viaje com seu HB20 para países vizinhos.

Outro detalhe é que a Hyundai firmou uma parceria com a Liberty Seguros. Graças à localização do veículo em tempo real, os proprietários de HB20 com Bluelink ativado podem conseguir desconto de 10% a 15% na apólice.

Sem Wi-Fi a bordo, ao menos por enquanto

Um diferencial de diversos carros conectados é a possibilidade do veículo se transformar em um hotspot Wi-Fi, para dividir a internet com os passageiros. Esse não é o caso do HB20 com Bluelink, que mantém a tecnologia disponível apenas para conexão sem fio com o Apple CarPlay e Android Auto.

Painel multimídia do novo HB20 2022 (Imagem: Reprodução/Hyundai)

Painel multimídia do novo HB20 2022 (Imagem: Reprodução/Hyundai)

O gerente de produtos da Hyundai, Rodolfo Stopa, disse que a empresa preferiu começar com os serviços de segurança e assistência ao motorista. Ele ainda afirma que a mensalidade de R$ 29,90 permite ter um preço competitivo, e agregar mais serviços como Wi-Fi a bordo tornaria o Bluelink mais caro.

Além disso, Stopa comenta que a ausência de Wi-Fi pode ser relacionada com segurança, de forma a evitar estímulos para o motorista usar o celular enquanto dirige.

Os carros conectados de outras montadoras

Além da Hyundai, outras fabricantes de veículos possuem soluções de carro conectado:

Jeep

A Jeep lançou a plataforma Adventure Intelligence, que tem 4G para Wi-Fi a bordo, serviços conectados e assistência. Os modelos Novo Renegade e Compass de 2022 podem ser controlados via app para smartphone ou através da assistente de voz Amazon Alexa. A montadora dá um ano gratuito para o serviço ativo e não divulgou o preço após o período; para ter Wi-Fi é necessário contratar um pacote diretamente com a TIM, com preços iniciando em R$ 30 mensais.

Chevrolet

A Chevrolet possui o serviço OnStar em alguns veículos, e a mensalidade varia entre R$ 59,90 e R$ 99,90, dependendo do pacote. Quem quiser internet Wi-Fi no carro deve contratar o pacote de internet a parte, com preço mensal de R$ 29,90 (2 GB) a R$ 84,90 (20 GB). O sinal é fornecido pela Claro.

Fiat

A Fiat possui o serviço Connect Me na Nova Toro 2022. Assim como a plataforma da Jeep, é possível comandar o carro por app para smartphone e Amazon Alexa. Com sinal 4G fornecido pela TIM, a fabricante ainda não revelou o preço mensal, mas dá um ano gratuito do pacote completo e mais dois anos do serviço básico. O Wi-Fi a bordo é contratado à parte, com preço mensal iniciando em R$ 30.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando