Início » Brasil » Correios liberam recebimento de Mini Envios em lockers próprios

Correios liberam recebimento de Mini Envios em lockers próprios

Armários inteligentes dos Correios começam a receber entregas através da modalidade Mini Envios, além de Sedex e PAC

Bruno Gall De BlasiPor

Os Correios incluiram mais uma modalidade de recebimento em seus lockers. Nesta segunda-feira (26), a estatal anunciou que também será possível receber entregas enviadas pelo serviço Mini Envios, voltado para pacotes pequenos. A retirada de encomendas nos armários inteligentes, vale lembrar, não gera custos extras ao cliente.

Locker dos Correios na Central do Brasil (Imagem: Marcela Castro/Correios/RJ)

Locker dos Correios na Central do Brasil (Imagem: Marcela Castro/Correios/RJ)

A expansão garante mais uma opção a quem utiliza os armários inteligentes da companhia, anunciados em outubro do ano passado. Além do Sedex e do PAC, a empresa liberou o recebimento de Mini Envios nesta semana. A modalidade econômica tem como foco o envio de pacotes pequenos em todo o território nacional.

Como utilizar os lockers dos Correios?

O uso dos armários é simples. Primeiro, é preciso criar um cadastro no site ou aplicativo dos Correios, caso ainda não possua. Depois, é só inserir o CEP do armário desejado ao comprar pela internet ou fazer uma postagem em uma agência. Também é preciso informar o CPF ou CNPJ do destinatário no campo “complemento”.

O usuário será avisado através de uma mensagem de texto (SMS) com as instruções quando a encomenda chegar, e terá até três dias corridos para retirar a entrega. De acordo com os Correios, o serviço não está restrito aos dias úteis. Mas o horário de funcionamento depende do lugar onde o armário está instalado.

Em novembro de 2020, os Correios lançaram um edital para instalar lockers de entrega no Rio de Janeiro e em São Paulo. Mais tarde, em dezembro, a companhia anunciou novos armários inteligentes para retirar entregas aos moradores da capital fluminense e de Niterói, cidade da região metropolitana do estado.

“A empresa possui lockers instalados em Brasília e no Rio de Janeiro e pretende instalar, até o final do primeiro semestre de 2021, cerca de 100 equipamentos no Estado do RJ, 110 em São Paulo e mais 10 no Distrito Federal”, informaram.

Com informações: Correios (Sala de Imprensa)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando