Início » Gadgets » Smart TV Philips 50PUG7625: imagens nítidas e vivas de (literalmente) qualquer fonte

Smart TV Philips 50PUG7625: imagens nítidas e vivas de (literalmente) qualquer fonte

O televisor da Philips entrega imagens com Dolby Vision e som com Dolby Atmos, mas também faz bonito em outras transmissões

Avatar Por

A Philips reforça um dos seus lançamentos mais importantes da marca para o mercado de aparelhos de TV no Brasil, a 50PUG7625 da recente série 7600. Com bordas extremamente finas para quase todos os lados, o televisor incorpora um novo processador para aumentar a fluidez do conteúdo apresentado em aplicativos de streaming e também melhorar consideravelmente a qualidade de imagem de literalmente qualquer fonte.

TV Philips 50PUG7625 (Imagem: divulgação/Philips)

TV Philips 50PUG7625 (Imagem: divulgação/Philips)

Algumas coisas são muito importantes quando você busca uma TV e elas tendem a envolver a imagem reproduzida na tela, já que com o som você pode sempre aprimorar a experiência com um soundbar ou outro sistema externo. A 50PUG7625 mira seu esforço exatamente nisso e ainda fica em um segmento de preço mais camarada para poder chegar a um número maior de pessoas.

A maior novidade deste modelo é o processador de imagem P5, que é capaz de lidar com cenas gravadas e distribuídas com Dolby Vision, além do padrão aberto HDR10+. Chegando ao televisor como uma clara evolução dos componentes antigos, chamados de Pixel Plus e Pixel Precision, o chip mais recente analisa constantemente quatro elementos projetados na tela durante o tempo todo: nitidez, contraste, cor e movimento.

O objetivo deste trabalho é otimizar o conteúdo, desde aqueles já feitos em 4K e com Dolby Vision ou HDR10+, passando pela transmissão de TV por assinatura, antena aberta, consoles de videogame, quaisquer aplicativos de streaming e até mesmo fontes de menor resolução como um filme em DVD ou aparelho mais antigo e que vai plugado nos conectores de vídeo composto – lembra deles?

O Processador de imagem P5 limpa e dá mais fluidez nas cenas

TV Philips 50PUG7625 (Imagem: divulgação/Philips)

TV Philips 50PUG7625 (Imagem: divulgação/Philips)

Além de melhorar cores e aumentar o contraste, o processador de imagem P5 consegue diminuir o granulado em cenas e até mesmo remover trepidações e borrões de gravações mais movimentadas, entregando o conteúdo para a taxa nativa de 60 Hz na tela. Estes benefícios são aplicados em qualquer fonte enviando imagens para a TV, mesmo para vídeos reproduzidos em rede ou por um pendrive na porta USB.

Se em imagens o suporte para o Dolby Vision entrega o que há de melhor aos olhos, aos ouvidos o Dolby Atmos faz basicamente a mesma coisa. As caixas de som embutidas na TV, em conteúdos produzidos com essa tecnologia, entregam maior envolvimento e preenchem ainda mais da sala – que pode ser das grandes.

O sistema operacional Saphi, presente neste modelo, já oferece de fábrica os aplicativos YouTube e Netflix, sendo estes dois com botões físicos dedicados no controle remoto. O Prime Video da Amazon também está no conjunto, que pode receber outros apps de streaming ou mesmo jogos a partir de uma loja específica.

Este sistema também permite o uso de Bluetooth para enviar ou mesmo receber conteúdo para a TV. Pode ser desde áudio e vídeo que estão em um smartphone, tablet ou computador, ou então o som do próprio televisor 50PUG7625 saindo até um fone de ouvido ou sistema externo de caixas como um Home Theater.

Para saber mais sobre a TV 50PUG7625, confira o site da Philips.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sai Yuk (@Sai_Yuk)

Philips continua só trazendo lixo pro Brasil. Cadê a oled prometida ano passado? Europa só TVs top da Philips com Android TV, aqui só essa porcaria.

@doorspaulo

Faltou a tag “publieditorial”.
Achei que era um review ou opinião prévia, mas é só uma reprodução do material publicitário da Philips.

Mauricio Oliveira (@Lafarga)

Comprei ela tem 3 dias mais pelo 4K mesmo e qualidade de imagem de resto não vale de nada única coisa boa é a tela. Wi-fi 2.4 não é dualband

Sistema operacional muito do simplório e bem do mal organizado muita volta para chegar nas configurações. Vendi minha antiga tv com Mibox para ter uma grana e comprar essa e achei que ia ficar aí menos uns 2 meses sem precisar comprar o novo GoogleTV mas não vai ter como ficar com esse lixo de sistema não

Alex (@wuhkuh)

E cadê a tag de publi hein Tecnoblog, vocês são uns dos únicos confiaveis pra review de TV por essas terras, não vão fazer m*rda!

Alvarenga (@b13alvarenga)

Problema da Phillips é a dependência de um dongle pra usar os serviços de streaming atuais. Nativamente a Tv só tem Netflix e Amazon. E a Phillips já deixou bem claro que se vc quer ver Disney, Globo, Crunchyroll ou qualquer outro serviço, que compre um acessório a parte.

Tenho uma aqui, imagem ótima, ambiligth sensacional… MAS, fico dependente de um dongle apra usurfruir do 4k HDR com os double da vida…