Início » Negócios » Pix é usado pela Clicksign para autenticar assinatura eletrônica

Pix é usado pela Clicksign para autenticar assinatura eletrônica

Método promete simplificar autenticação digital de assinaturas por meio do sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central

Ana MarquesPor

O Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, vem fazendo sucesso e se integrando cada vez mais à rotina dos brasileiros, com mais de 100 milhões de chaves geradas no país. Agora, a ferramenta tem mais uma utilidade: a Clicksign, startup de assinatura eletrônica, lançou um novo método de autenticação digital com base no Pix.

Pix (Imagem: Divulgação/Banco Central)

Pix (Imagem: Divulgação/Banco Central)

No ar desde a última segunda-feira (26), a novidade tem o objetivo de tornar mais simples e rápida a validação de documentos digitais, contando com o grau de confiança do Sistema Financeiro Nacional. Os clientes da Clicksign podem usar a autenticação por Pix como alternativa aos outros métodos: SMS, e-mail, WhatsApp e foto.

“O uso do Pix traz toda a confiabilidade da segurança bancária juntamente com a rapidez que as empresas precisam”, afirma Marcelo Kramer, CEO e fundador da Clicksign. A empresa realizou um estudo da aplicação junto ao BC, atestando a segurança do método para operações de empresas.

Como funciona a autenticação por Pix?

Para realizar a validação, o usuário deve entrar na plataforma da Clicksign, acessar o documento e escolher o método de Autenticação por Pix. Em seguida, basta enviar um Pix de R$ 0,01 – um QR Code será disponibilizado para essa transação, ou você poderá usar o Pix Copia e Cola.

É importante ressaltar que você deve fazer o Pix de uma conta associada ao seu CPF, já que isso será utilizado para validar a assinatura. Caso contrário, a autenticação não será confirmada.

Auntenticação por Pix (Imagem: Reprodução/Clicksign)

Auntenticação por Pix (Imagem: Reprodução/Clicksign)

Esse tipo de autenticação é apenas uma das aplicações possíveis da ferramenta. Segundo o presidente do Banco Central, o Pix tem potencial para virar identidade digital, estando conectado a “tudo da vida” dos brasileiros no futuro.

Com informações: Clicksign

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando